Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Paz

Eu preciso tanto de paz! A paz é a luz que invade a escuridão, e anula as ilusões, eu tenho sofrido algumas desilusões, mas vou lutar para que elas percam alguma importância perante os gestos de amor que encontrei, e o facto de ter sido enganada algumas vezes por alguém que se ama, alguém sangue do nosso sangue, não posso deixar de acreditar que existe alguém que merece a minha confiança, o futuro esse não se vê, por isso convivo com o invisivel constantemente, mas se um dia o sol deixar de brilhar, vou fazer tudo para ser feliz mesmo à chuva, e se nunca mais voltar a ver o arco-íris, vou tentar desenhar um, nem que seja no meu coração! talvez eu envelheça rápido demais, mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena, talvez não aprenda todas as lições, mas terei consciência de que os verdadeiros ensinamentos já estão gravados na minha alma, talvez eu não seja quem gostaria de ser, mas passo a admirar a pessoa em quem me tornei, porque no final saberei que mesmo com tantas dúvidas eu fui capaz de  construir uma vida, e se ainda não me convenci disso, é porque " ainda não chegou o fim ", porque no final não haverá nenhum " talvez ", e sim a certeza de que a minha vida valeu a pena, e se não fizer melhor, fiz o que acreditei ser o melhor.

Sem comentários: