Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

A Lágrima

"Quantas vezes nós pensamos em desistir! Deixar  de lado o ideal e os sonhos, quantas vezes sentimos solidão mesmo cercados de pessoas, quantas vezes lutamos por uma causa perdida, quantas vezes aquela lágrima teima em cair justamente na hora em que precisamos parecer fortes, pedimos um pouco de força, uma luz, e a resposta por vezes vem! Um sorriso, um olhar, um gesto de amor, e nós insistimos em seguir porque queremos ser felizes"

6 comentários:

Tuquinha disse...

Como traduzes bem por palavras aquilo que me vai realmente na alma...
Por isso, OBRIGADA.
Beijinhos

folha seca disse...

A felicidade deve ser uma das palavras com mais interpretações possíveis e imaginárias. Para mim é apenas o conjunto dos momentos felizes que ainda nos deixam ter.
Nos tempos que correm quantos momentos de felicidade nos roubam? Quantos momentos de tranquilidade, nos tiram? Quantas situações de miséria alheia nos levam a verter lágrimas. Sim! é preciso insistir para conseguir ser feliz.

Rogério Pereira disse...

Ao desalento,
penso
é um momento
Á imagem da desistência
digo não, tenham lá paciência
e quando ambas as coisa não acontecem
espreito para ver se se passa o mesmo com os outros
e verificando que sim, fico aliviado
nada pior que sentir-me um homem isolado
A lágrima essa acontece
Com frequência e depois de acontecer
Sinto-me melhor e sem que seja para meu desengano
digo
É bom chorar, é humano...
(se gostar disto que escrevi, o mérito é seu
por aquilo que escreveu)

flor de jasmim disse...

Turquinha agadeço a tua visita, espero poder te responder o mais possivel, o que não me é fácil por falta de tempo, mas da-se sempre um jeitinho.

bj bom fim de semana

flor de jasmim disse...

folha seca
obrigado pelas tuas palavras que já muitas vezes ouvi.

beijinho

flor de jasmim disse...

Caro Rogério Pereira.
Apenas consigo dizer-lhe, muito obrigado.
Sei que é pouco, mas é sincero.
Cumprimentos.

PS: Tambem acho que se (e nos) está a meter num grande "trinta e um" se a gente começa a pensar a sério, vai ser bonito, vai!