Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Vamos Gritar

"É preciso um porto
é nacessário atracar
desembarcar nossas emoções
vamos exportar para o mundo
o que há nos nossos corações.

Vamos exportar alegria
vamos exportar vida , poesia
com o melhor da nossa mestria
vamos todos cantar
formar um único coro
formar uma orquestra
vamos produzir um único som.

O som que ultrapassa todas as melodias
acima de todas as rebeldias
o som de todos os corações
os corações num grande coro
o coro das vozes e gritaria
as vozes e as vezes
que forem precisas
para terminar com tanta
falta de harmonia".


12 comentários:

Fernanda disse...

Vamos lá amiga!

Adoro este positivismo, esta alegria contagiante.

Beijos

folha seca disse...

Bem. Eu neste blogue sou assim um bocado pró "ojbector de consciência" e ainda por cima não costumo comentar poesia... mas que gostei do que li...gostei!
Bj

Manuela disse...

Querida flor, não conhecia a tua veia poética e gostei muito :)
Beijinhos

flor de jasmim disse...

Querida Ná
Positivismo talvez um pouco... alegria? Pois!!!
Beijinho

Folha Seca
Claro que a poesia gosta-se ou não, por e simplesmente.
Beijinho

Querida Manuela
A minha veia poética está nostálgia demais ultimamente e não é isso que quero neste blogue
Beijinho.

FILHOTA disse...

‎"Escutai (...) a voz do corpo cheio de saúde: é a voz mais honesta e mais pura. O corpo com boa saúde fala com uma voz mais pura e mais honesta: e fala do sentido da terra."
Friedrich Nietzsche (Assim Falou Zaratustra)

flor de jasmim disse...

Olá Filhota Minha
Beijinho Doce

Tuquinha disse...

Escreves muito bem...e é tão bom ler-te...
A alegria temos que a encontrar todos os dias em pequenas coisas...( e tu consegues)
Beijinhos

flor de jasmim disse...

Tuquinha
Quando estou triste não significa ausência da alegria, significa estar alegre mas sentir a ausência da alegria que não sinto.

Beijinho

Belladonna disse...

Vamos lá todos gritar, para acabar de vez com tristezas. É uma coisa que adoro, depois de gritar a plenos plumões sinto-me logo mais relaxada. (Infelizmente são poucas as oportunidades, se fizesse isso em casa, acho que a vizinhança mandava internar-me).
Bjocas

Manuela disse...

Querida Adélia, passei para te dar os parbéns a ti e à tua filhota, pelas suas 37 primaveras :)
Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Gostei do teu poema, positivo e cheio de esperança na alegria.
Querida amiga, bom resto de semana.
Um beijo.

flor de jasmim disse...

Belladonna
Se a vizinhança te mandasse internar...terminava parte da crise,comida, banho, tv e outras coisas mais à PATO e não pagavas a renda porque não ocupavas a casa enquanto internada...cruzes canhoto,INTERNADA nem a brincar.
Beijinho


Querida Manuela
Muito obrigado espero que daqui a um ano me voltes a dar os parabéns.
Beijinho


Nilson
Obrigado por passar pelo meu cantinho e gostar.
Beijinho