Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Mundo

      Mundo de pedra
  que estais a ser construído
onde estais campos de cereais
      campos de flores
porque estão a perder valores
   aqueles que se dizem
     grandes senhores.
Onde estão
esses valores
não os vejo, não os ouço
não os sinto
apenas ouço palavras secas
Ver o mundo
num grão de areia
estão a roubar-nos o tempo
e o direito de vivermos em paz.
A dignidade
está doente quase em coma
Só a ironia está viva.

28 comentários:

oteudoceolhar disse...

Que sabem Eles Flor?
Nada...limitam-se a levar a que os valores sejam perdidos...ainda assim nós as "gentes" podemos smp quebrar essa regra e manter o valores de que falas.
Beijo n´oteudoceolhar (tens respots no blog, mesmo que ainda n o tenha actualizado, quando por lá passares já sabes)

✿ chica disse...

Realmente a dignidade está bem sumidinha, tantas vezes por aí! beijos,linda semana,chica

Palco Mudo disse...

Lindo poema... parabéns pela sensibilidade! :)

Everson Russo disse...

Não devemos jamais podar as cores de amor do mundo,,,elas nos alimentam a visão da alma...grande beijo de boa segunda feira.

Vivian disse...

Olá,Adélia!!!

Uma poesia de muita sensibilidade minha amiga!!!Infelizmente falta dignidade...triste,né?
Mas não vamos perder as esperanças...ensinamos as crianças para renovar o mundo!!!
Beijos pra ti minha querida amiga!!!
Bom começo de semana!

tecas disse...

Onde estarão os valores pelos quais lutamos?
Direitos perdidos,cimento armado erguido e assim vai o mundo, vendido pela ambição.
Não tarda, a contaminação seja generalizada e a dignidade ultrapassada. Resta-nos o prémio de consolação! Saber que ninguém nem nenhum poder, tem o poder de macular a nossa alma.
Lindo e bem oportuno poema.
Bjito e uma flor.

Sandra disse...

Onde estão as searas do meu Alentejo?
Perderam-se ...talvez juntamente com os valores dos senhores do poder...
Bela reflexão
beijinho

Evanir disse...

É bom d+ te encontrar aq e receber seu carinho.
Ele me faz tao bem. Agradeço pelas tuas mensagens.
Tudo que é bom dura o tempo,
suficiente para se tornar inesquecível.
Muito obrigado pela tua amizade.
Que a doce paz faça parte de seu coração hoje
e sempre e haja vida resplandecendo
através do seu suspirar.
Que você tenha muita luz e paz.
Muito obrigado por existires.
feche seus olhos e deixe seu coraçao falar
Pois ele nunca falha
Quando for dificil decidir .
Beijos no coração uma linda semana.Evanir

O Puma disse...

Ao quisto

chegou

Pedro Coimbra disse...

Estou a ler e a ver Macau no seu poema, Adélia.
Abraço

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!!

Vim deixar meu beijo e meu abraço cheio de carinho pra ti querida amiga!!!!Cuide-se bem!Não desanime!
Mantenha a esperanças sempre acessa no coração!

Mar Arável disse...

Profundo

Lilá(s) disse...

Que lindo! este teu poema vem mesmo de encontro ao meu estado de espírito!
Bjs

selma disse...

Oi amiga saudades de você,vim deixar um beijinho...

selma disse...

Oi amiga saudades de você,vim deixar um beijinho...

Multiolhares disse...

já não sabemos transmitir os valores e tudo aos poucos se esta a perder incluindo a vida que não sabemos semear com amor
bjs

Ana Martins disse...

Boa noite Adélia,
tristemente tenho que concordar com o seu poema, já nada é o que era!

Beijinho,
Ana Martins

Lacorrilha disse...

E esse estado de espírito, melhorou é mesmo preciso eu ir aí para a arrebitar? :)
Beijocas

Antônio Lídio Gomes disse...

Flor de Jasmim, em se tratando de mundo, parece que em todo lugar está tudo de cabeça para baixo...
Os valores, a moral, a política, e até o meio artístico anda capenga!
Aqui minha amiga, avançamos à marcha lenta em algumas áreas, noutra regredimos, haja visto a questão das drogas e da violência...
Mantenhamos porém, nossa dignidade. É o que nos resta.
Um fraterno abraço.

ariel disse...

Querida Flor, já quase nem existe espaço para a ironia, até essa já nos vai faltando. Gostei muito do poema.

Beijinho

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!

Minha querida, vim lhe desejar uma quarta-feira bem alegre!!Cuide-se bem!!
Beijos pra ti cheios de carinho!!

Evanir disse...

Hoje quero deixar muito carinho para você
,também agradecer por sempre estar presente
não só no meu blog mais na minha vida.
Cada visita que recebo é um balsamo
para refrigerar minha Alma.
Tenho sobrevivido a muitas tempestades
na ceteza que Deus sempre esta comigo.
Seu carinho não tem preço a cada
visita sua é benção sem medidas que recebo.
Um dia linda cheio de flores
perfumadas na sua
caminhada.
beijos e meu carinho sincéro ,Evanir.

A.Tapadinhas disse...

Enquanto a ironia estiver viva...

...não se deve perder a esperança!

Neste fim-de-semana, no Concelho da Moita, em Alhos Vedros, vai realizar-se a 40.ª Feira do Livro.

Paralelamente na Capela decorre uma exposição de pintura com algumas das minhas obras.

Fica o convite. Terei muito gosto em recebê-la.

Beijo,
António

✿ chica disse...

Volto pra agradecer teu carinho sempre!beijos,tudo de bom,chica

MARIINHA disse...

Olá Adélia,

Muita sensibilidade eu tudo o que escreves.

Beijinho e bom feriado

claudiaymarques disse...

Oi Florzinha....que poema fofo...e diz muito para gente...muita sensibilidade ne?
muitos beijinhos e fique na paz..
titi

Lídia Frade disse...

É AS REALIDADES QUE SE VIVEM!!!

1 BEIJO ADÉLIA!!!

LÍDIA

claudiaymarques disse...

oii FLORZINHA..desculpe porque veio no meu email diferente..meio distorcido o seu comentario e achei que não conhecia...por isso te enviei o meail..
depois ví nos comentario que é você querida fLOR DE JASMIM..
muitos beijussss
titi