Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Jasmim


Foto minha

"Vejo flores azuis
a afundar no mar
O perfume das águas
A brisa da noite que sopra
no sonho de um dia acordar.

Ver o futuro
que não sei adivinhar
Um sorriso
Uma dor
Fascinante olhar.

O olhar
olha o interior da vida
Meu riso
é mudo como o canto
dos pássaros no inverno

Vejo as cores
da imaginação
Mas não vejo
o tempo infinito que há-de chegar.



18 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Muito bonito, Adélia.
E eu nem tenho grande sensibilidade para poesia.
Boa semana

Rosa dos Ventos disse...

E quem pode ver esse tempo, Flor de Jasmim?!
Mas vejo um belo poema com uma bela flor! :-))

Abraço

Evanir disse...

Que Deus abençoe você
e a mim também.
Que a nossa amizade tão linda
nunca chegue ao Fim.
Que a paz que trago no
peito seja cada dia maior.
Que sinceridade seja
minha maior virtude
Que o amor que sinto no coração
seja tão grande
o maior que uma pessoa pode ter.
Que sua semana seja uma
benção Divina.
Com carinho beijos no coração,,Evanir..

Magia da Inês disse...

Amiga,
Passei para uma visitinha...
Estou encantada com a delicadeza dos seus versos.
Você é tão meiga! Tão talentosa!
Bom início de semana!
Beijinhos.
Brasil.
♥ •˚。
°° 。♥。
●/ ♥•˚。˚
/▌
/ \ 。˚。♥

Vivian disse...

Olá,Adélia!!

Ah!Minha querida...que lindo!!!
Sua sensibilidade é imensa!!!
**Não desanime, as vezes o tempo fica difícil, mas mantenha-se firme, você consegue!!Te adoro minha amiga!!
Cuide-se!!

Rogério Pereira disse...

"Meu riso
é mudo como o canto
dos pássaros no inverno"


Esqueça seu riso mudo
a Primavera mudará tudo

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Agora, que regresso de férias, esse tempo parece-me ainda mais distante, Adélia.
Um abraço

Agulheta disse...

Um poema em tons de azul e flor que liga com o nome deste blog.Nunca ninguém saberá o amanhã,nada como esperar e ver.
Obrigada pela visita ao blog.
Beijinho meu

lino disse...

Belíssimo poema.
Beijinho

AFRICA EM POESIA disse...

DEIXO UM BEIJO

COM SABOR A JASMIM...

Ana Martins disse...

Boa noite délia,
O futuro a Deus pertence!
Muito bonito o seu poema.

Beijinho,
Ana Martins

Lacorrilha disse...

"Meu riso
é mudo como o canto
dos pássaros no inverno"
Temos poeta.

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!

Tenha um lindo dia minha amiga!!
Que seja bem animado, com muitos sorrisos!!
Beijos pra ti!

Everson Russo disse...

O intenso perfume das flores em poesia que penetram a alma,,lindo dia pra ti amiga...beijos.

claudiaymarques disse...

Flor de Jasmim obrigada pro seu comentario no meu blog..
Linda a flor azul e a mensagem reflexiva..
bjoss
Titi

Lilá(s) disse...

Vejo um lindo poema com aroma doce do lilás...
Bjs

✿ chica disse...

Passei voando, com as asinhas batendo, pra agradecer e deixar um beijo,chica

Antônio Lídio Gomes disse...

Oi Adelia Flor de Jasmim.
Um poema tão bonito, meigo, e delicado como a primavera, como o azul do mar, como as nuvens singelas no azul do céu.
Jasmim, um nome, uma alma, um poema, uma flor, uma vida a pulsar e a cantar em prosa e versos.
Um abraço fraterno querida amiga.
Beijos.