Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

O barco


Foto minha
Clicar 2 vezes para ampliar

Partiram-se as amarras
que prendiam o barco
Os meus olhos viram-no partir
As minhas lágrimas
deixaram-me à deriva

Olhei e gritei
da tristeza que me invade
E o barco já muito distante
Chorei lágrimas de sal

Voltei a olhar
Foi então que vi o barco encalhado
Hoje
espero no tempo sem limites
que o barco volte a navegar
E o meu coração
Com a esperança de poder voltar a sorrir.


43 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Que o barco navegue muito rapidamente.
Beijos e uma óptima semana

Rosa dos Ventos disse...

Navegar é preciso, Flor de Jasmim!

Abraço

folha seca disse...

Adélia
Está visto que tenho que te convidar mais vezes para um cafézinho na praia.
Quando tiraste a foto, sei (ontem de manhã, na Praia da Vieira).
O poema já não sei.
Beijinho

✿ chica disse...

Linda foto e que o barco volte a navegar!ADOREI A POESIA!BEIJOS,LINDA SEMANA!CHICA

Mery disse...

"Ficar à deriva...e que o barco volte a navegar*, e que o meu coração volte a sorrir*.
Belo!
Amei o poema e a imagem, parabéns.
bjusssssss

Sonhadora disse...

Parabéns pela imagem, pelo poema, e pela Pessoa que me parece ser.

Um beijinho.

Roberta Maia disse...

Navegar, verbo MARAVILHOSO!

Tenha uma Bela Semana!!
Paz e Luz!!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

"O barco está de partida..." agarre-o antes que se perca no horizonte
Uma boa semana

Everson Russo disse...

Que esse barco encontre o horizonte do amor e o infinito dos sonhos....beijos de boa semana pra ti.

meninaluaprimavera disse...

querida Adélia
tem poemas tão lindos! já pensou escrever um livro?
um bj

Fê-blue bird disse...

Amiga tem que esperar que a maré encha para o barco navegar de novo.
Um poema lindo!
Um beijinho

Antônio Lídio Gomes disse...

Adélia
Que o barco volte a navegar de preferencias em água tranquilas e com ele a alegria, o amor, e a felicidade.
Tuas fotografias são lindas e demonstra bom gosto.
Um abraço fraterno, beijos.

Vanessa_Oliveira disse...

Navegar infelizmente depende da maré.
^^ que a maré esteja sempre alta p vc flor.
Linda fotografia.
Bjim***

Agulheta disse...

Olá amiga Adélia!Os barcos de partida,deixam nos olhos o sal,e nos olhos o vento da brisa que se afasta ao sabor das marés.Gostei muito deste poema que fala do mar e lembranças.
Beijinho e b semana

lino disse...

E vai voltar rapidamente a navegar!
Beijo

Lilá(s) disse...

Com uma foto dessas, o barco vai de certeza voltar a nevegar rápidamente para te agradar...e em breve o teu sorriso voltará também
Beijinhos

Carlota Pires Dacosta disse...

Outros barcos, outras amarras
Selam a nossa vida de tristeza
Por vezes é preciso deixar partir
Com lágrimas soltas de pureza

luar perdido disse...

Um barco é feito para navegar, se encalha é porque a maré o traiu, ou o timoneiro adormeceu ao leme...O teu barco tem como destino o horizonte infinito, solta as amarras, larga as velas desfaz os nós das lágrimas e deixa-o navegar. Somente.
Beijinho de raio de luar

tecas disse...

Minha querida, Flor, hoje pelos vistos andamos todos à volta dos barcos à deriva.
« Que o barco volte a navegar» e o sorriso volte ao seu rosto.
Lindo poema e linda foto.
Bjito amigo e uma flor.

tecas disse...

Minha querida, Flor, hoje pelos vistos andamos todos à volta dos barcos à deriva.
« Que o barco volte a navegar» e o sorriso volte ao seu rosto.
Lindo poema e linda foto.
Bjito amigo e uma flor.

carol disse...

Que sombras vão nesse coração! E que grandeza e que coragem!

Ben hajas, petite fleur...

Mar Arável disse...

Muito belo o seu barco

que resiste

claudiaymarques disse...

Florzinha que lindaaaa poesia..amei...diz muito heim??..navegar é preciso amiga...as vezes a gente dá uam paradinha como esse barco..é preciso descansar,juntar forças,fazer reparos e depois de volta ao mar...Entre marezias e altas ondas vamos sobrevivendo...somos sobreviventes sim de um mundo dificil de se viver onde falta amor..onde falta colo.
Mas há esperança e vivemos dela..
beijos e boa semana
titi

Lacorrilha disse...

Ainda há dias me fartei de fotografar esse barco, na Praia da Vieira.
Qualquer dia ainda nos encontramos por aí. Eu sou a miúda do cabelo longo, assim com um ar bem aciganado. Ahah!
O poema está lindo, como sempre.
A gatinha?
Beijocas

São disse...

Que o barco torne a navegar, sempre, e em bonança.

Um abraço, linda

Everson Russo disse...

Um dia repleto de carinho e muita poesia pra ti minha amiga querida...beijos e beijos.

Turista disse...

Querida Flor, sempre a navegar, mesmo que por vezes andemos à deriva...

Vivian disse...

Olá,Adélia!!

Linda inspiração minha amiga!!O poema embora triste, deixa um luz de esperança!
Beijos pra ti!
*Desculpe a demora em vir, tenho tido alguns contratempos...

alma de pássaro disse...

Mamã,que lindo poema. Estavas mesmo inspirada!
Não admira... com o nosso príncipe como companhia.
Aquele anjinho maravilhoso que ambas amamos tanto...
Beijinho

Anónimo disse...

O barco voltará ao mar e o riso à tua boca , verás.

LUIZ

ONG ALERTA disse...

Navegar para encontrar uma nova terra, beijo Lisette.

Everson Russo disse...

Um belo dia de carinho e paz pra ti minha amiga querida, por aqui hoje é feriado,,,beijos e beijos de paz e poesia.

Lídia Borges disse...

Um barco precisa sempre de um mar, de um vento benévolo que o ajude a navegar.

Um beijo

L.B.

Luís Coelho disse...

Existem dias assim
As amarras soltam-se e depois o barco parte na busca de outros mares e outras estrelas.

Nada adiantam as lágrimas. É o sentido da vida nesta viagem que vamos correndo.

Mutas vezes também somos capazes de reforçar as amarras...Não será ?

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema triste e belo, mas com as esperança a pintar de verde as palavras.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Malu Machado disse...

Olá amiga Adélia,

Por vezes o barco precisa de um bom ancoradouro antes de seguir viagem. É preciso recuar, parar, para só depois seguir viagem.

Sempre é bom termos este porto seguro,não?

Beijo grande!

BlueShell disse...

Para já digo que esse poema é uma maravilha....

Depois quero agradecer tuas palavras de força e de conforto.
lamento por ti, pelo que te aconteceu, minha querida.

Eu...vou indo...agarrada à minha Fé. Vou chorando, por vezes às escondidas, para meu marido não se entristecer.


Não é fácil...como sabes...e são palavras como as tuas que me dão a energia de que preciso para continuar com u sorriso...quando...na alma predomina a dor...

Te abraço forte!
BShell (Isabel)

Lídia disse...

Uma linda foto!!!
Um poema de inspiração com partida e chegada!!!
Navegar é preciso...mas voltar é mais importante!!!
1 beijo amiga Adélia!!!
da Lídia

Everson Russo disse...

Um dia todo lindo pra ti minha amiga querida,,,,muito carinho e muita poesia...beijos e beijos.

Vivian disse...

Olá,Adélia!!

Vim deixar meu beijo e meu carinho minha amiga!!
tenha um ótimo dia!!
Beijos!!

São disse...

O barco continua ancorado e eu deixo.te beijinhos.

claudiaymarques disse...

Voltei para deixar beijinhos para você doce amiga ..amanha vou postar algo novo e uma musica..acho que vais gostar....esse fim de semana vou ver o mar..vou para santos..estou feliz po isso..
Obrigada pela Flor que me deixou,estou guardando todas num vaso enfeitado..
beijos..
titi

Everson Russo disse...

Um lindo final de semana pra ti minha querida amiga, muita paz, carinho e poesia sempre...beijos e beijos e beijos.