Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

O lavadouro

Foto minha de telemóvel

Um lavadouro público dos vários que conheço, este fica a uns duzentos metros da nossa casa e está a necessitar de cuidados, mesmo assim ele é utilizado por algumas mulheres já de longa idade, é aqui que lavam as suas roupas por não terem máquina para esse fim.

Nas minhas caminhadas passo junto dele, um destes dias vi uma senhora com alguma dificuldade para colocar na sua cabeça uma bacia com roupa lavada, dirigi-me a e ela e disse-lhe que a ajudava, a senhora olhou-me e respondeu que não estava habituada a ter ajuda, muito menos de pessoas jovens como  eu, respondi "não sou tão jovem como isso" ela olhou-me e disse "pois mas tem idade para ser minha filha" eu disse "talvez".

A senhora cansada largou a bacia e sentou-se em cima de uma das pedras ao lado daquela onde tinha lavado a roupa olhou-me de novo e disse "tenho setenta e cinco anos" ao mesmo tempo que pegava e guardava um pequeno rádio a pilhas, dizendo " é a minha companhia, vem comigo para aqui e para o quintal, em casa é a televisão mas só até Janeiro, depois acabou-se, é preciso um aparelho, (TDT) mas não  posso comprar é muito dinheiro, tenho uma reforma que é uma miséria,  para comprar o meu remédio já não dá para o comer.

Sentei-me ao seu lado ouvindo-a atentamente, ela continuou seus desabafos de lágrimas a caírem dizendo "vivo sozinha, o meu homem morreu, tenho tantas saudades dele, vivemos juntos quarenta e tês anos, tinha-mos um cão e um gato faziam-me tanta companhia era a única coisa boa que tinha depois dele morrer, mas tive que os dar  porque não tinha comer para eles".
Levantou-se e eu coloquei a bacia com a roupa na sua cabeça, ela agradeceu dizendo " muito obrigada menina que Deus dê muita saúde a si e aos seus".

Vim embora de lágrimas nos olhos, interrogando-me...quantas pessoas no nosso País têm como companhia apenas uma simples televisão e que este mês vão ficar sem ela, por não poderem comprar o tal aparelho (TDT) para adaptar.
Para uns o que vem a ser um grande negócio e contentamento, para muitos mais vem  aumentar sua solidão e  tristeza.

Penso que é uma violência...ou será mau feitio o meu.

32 comentários:

Pratos da Bela disse...

Concordo contigo, amiga, só sabes roubar aos que menos têm, aos que têm ainda dão mais, Filhos da Puta.
Desculpa amiga, mas é impossível não dizer,
ADORO-TE, pela pessoa que és.
Jinhos fofos

✿ chica disse...

Linda crônica da observação da vida ao redor de ti. Triste e acontece mesmo...

Muitas estão assim ou pior... beijos,tudo de bom,chica

Catarina disse...

Situações tristes a que os mais velhos e os mais vulneráveis deveriam estar imunes.
Abraço

Vivian disse...

Bom dia, Adélia!!

Que triste amiga...infelizmente acontece muito.Mas a tua atençãopara com a senhora, fez um pouquinho de diferença na vida dela, ela já vai pensar que nem todos são iguais, e que por vezes encontramosalguém que se importa em ajudar e em ouvir!Fizeste a diferença, sendo você mesma.Isso também é caridade, e a que mais vale!Espontânea!!!!!Linda atitude minha querida!!!

Vivian disse...

Fiquei tão emocionada que esqueci de dizer, que por aqui não existem mais lavadouros,(nunca vi um), talvez porque aqui no sul do Brasil, as senhoras lavavam suas roupas nos rios,ou lagos...

O descaso do governo é vergonhoso.

São disse...

Minha querida amiga, estamos voltando ao Estado Novo...

Beijinhos,tristes, Adelinha.

Rui da Bica disse...

Emocionam-me sempre estes sentimentos para com pessoas de mais idade !
É lindo, neste tempo tão materialista, "sentir" o quanto essa pobre mulher deve ter apreciado essa tua atenção dispensada a quem tanto precisa dela!
Estou certo que lhe "valeu o dia" !

Obrigado, por ela e por mim ! :))
.

BlueShell disse...

Não, não é mau-feitio: é mesmo uma violência- a pobreza está cada vez mais instalada...para alguns, porque para outros , em contrapartida, fazem-se bons negócios!!!
É lamentável que assim seja...lamentável!

Um beijo

acácia rubra disse...

Não é nada mau feitio. É vermos a solidão, a tristeza, a velhice e a pobreza a avançar por este nosso país e ninguém começar a pensar em inverter ou estancar as situações.

Meu feitio estou eu agora a demonstrá-lo ter depois de ler este seu post.

Beijo

lino disse...

É violência mesmo, porque não quiseram pensar e foram pela forma mais fácil e mais lucrativa. Os nossos vizinhos fizeram chegar o digital a todas as casas sem necessidade de descodificadores.
Beijos

Malu Machado disse...

Querida Adélia, venho hoje agradecer a sua companhia ao longo de 2011. Vc não sabe o quanto me fez feliz este ano que passou, com seu carinho e atenção.

Hoje chego aqui e vejo este lindo texto. A realidade por vezes é dura, mas a sua sensibilidade em descrevê-la é de extrema ajuda. Olhares assim sempre farão a diferença na humanidade.

Carinho sempre.

Evanir disse...

Agradeço o carinho e cordialidade
que recebi nessa passagem de Ano.
Todas as palavras não
expressa meu carinho e gratidão.
Obrigada por tanta sensibilidade de coração
muito feliz venho agradecer.
Uma linda semana a primeira de 2012.
Beijos carinhos.
Evanir.

carol disse...

Uma violência mesmo! Como violência é cobrar 20 euros de entrada num hospital e muitas, muitas coisas mais que estes bandalhos que puseram na governação estão a fazer a este país e a este povo que se deixa crucificar e não reage!

Uma revolta, Flor(zinha)!

Carlota Pires Dacosta disse...

Não é mau feitio teu.
É mesmo a nossa sociedade a querer deixar ao abandono os nossos velhinhos. Para muitos a única companhia que tinham. Uma tristeza.
Beijo

Lacorrilha disse...

Simplesmente revoltante.
Um ano docinho aí para casa.
Beijocas

Pedro Coimbra disse...

Infelizmente, longe de ser caso único, Adélia.
O que é curioso é que, com 75 anos, sofrimento, essa senhora, como muitas outras, continua rija.
Um bom exemplo de vida, Adélia.
Bjs e um BOM ANO

Luís Coelho disse...

O seu modo de escrever é simples mas segue o fio de uma ideia ou de um tema e leva-nos a seguir toda a leitura para a conclusão final.

Muitas pessoas irão ficar privadas de TV. Alguém quis aproveitar a distracção para nos impor mais uma taxa que muitos não podem pagar.

Retrato fiel deste país onde vivemos.
Governo de troika que nos troca por uns trocados chineses ou euromarcos alemães.

Esta gente simples e anónima nunca aparece na TV. Não são visitados pelas altas figuras do nosso estado que vivem do erário público ganhando fortunas...

E assim vai este país...
A comunicação social procura apenas os casos mais torpes e sujos da nossa sociedade mas esconde-se de mostrar estas reportagens que a Adélia aqui fez primorosamente.

Votos de um bom ano 2012

Everson Russo disse...

Infelizmente ainda temos que ver essas coisas pela vida. pessoas que sobrevivem apenas...beijos de bom dia pra ti.

nacasadorau disse...

Amiga Amélia!
Assim mesmo gosto das pessoas, sem papas na língua e alertas a todas as injustiças.

Fizeste a diferença e isso não tem valor.
Obrigada por seres assim.

E já cá estamos no ano 2012, que só nos separou do transacto pelo virar da página.

Esperemos conseguir ser mais positivas e solidárias para conseguir debelar a crise com um sorriso nos lábios, perpetuando a alegria e a magia da vida em cada dia.

Beijo

Violet* disse...

Fogo que situação ... :( mas o teu carinho e atençao so mostram a excelente pessoa que és e pela qual eu adoro vir ao teu blog =) um grande beijinho*

Vivian disse...

Olá,Adélia!!!

Tenha um lindo dia minha amiga!!!
Tudo de bom!!
Beijos!!

Sonhadora disse...

Minha querida

Conheces aquele ditado...QUEM TEM A BARRIGA CHEIA NÃO SE LEMBRA DE QUEM TEM FOME, e os nosso governantes não se lembram de quem não ganha para comer, que além da solidão ainda lutam pela sobrevivência do dia a dia, é muito triste e humilhante, chegar ao fim da vida assim.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Nilson Barcelli disse...

Também fico chocado com o que fazem às pessoas.
Se pagassem o aparelho aos mais pobres (1 milhão, por exemplo) custaria ao Estado cerca de 30 Milhões.
Comparado com os milhares de milhões... é uma gota no oceano...
Gostei do teu texto. Revela a tua alma, que é linda.
Bom ano, querida amiga.
Beijo.

ONG ALERTA disse...

Excelente...beijo Lisette.

alma de pássaro disse...

Não,não é "mau-feitio" teu.
Infelizmente é mesmo assim. Uns com tanto e outros sem nenhum...
Logo a tv,que até havia de ser à borla para todos!
Que vergonha! Que revolta!
Revolta por não poder fazer nada...
Beijão mamã

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti minha amiga querida,,,muita paz e poesia...beijos e beijos.

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!

Vim deixar um beijo e meu carinho!!!
Vou tirar uns dias de férias!Vou a praia!Volto na segunda!!!
Beijos queirda!

AFRICA EM POESIA disse...

entro para desejar

BOM ANO E FELIZ 2012


Novo Ano
Nova Vida
Nova Esperança...
Novo Recomeçar...

E neste Ano

Eu quero
Nova Vida
Nova Esperança
Novo Renascer...

Com a certeza
Que se quisermos
Podemos fazer
Deste Ano...

Um Ano Novo
Um Ano Melhor!...

LILI LARANJO

Ricardo Miñana disse...

Hola pasaba a saludar y desear
tengas un feliz comienzo del año
nuevo.
un abrazo.

Lilá(s) disse...

Tenho pensado muito nisso últimamente, até porque tenho contacto com pessoas que vivem na provincia, não é justo, o nosso país cada vez me entristece mais...
Bjs

Agulheta disse...

Olá Adélia.A vida é muito madrasta para alguns,para outros uma beleza.Gostei de ler este episódio que nos deixa a reflectir o que vai ser a vida de muitos,sem falar um a um.Estas pessoa vão morrer de solidão por causa de tirarem as que menos tem,este é mais um negócio feito para os iluminados da sorte...obrigada por estares atenta.
Beijinho e bom Ano

Ana Martins disse...

Não é mau feitio não Adélia! Você está certíssima, isto é um grande negócio e, para alguns encherem os bolsos, muitos irão ficar em total solidão, sim, porque a televisão é a única companhia de muita gente.

Beijinho,
Ana Martins