Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Os meus medos

Foto minha


Fascinante 
imensidão onde refugío meus medos
sinto o cheiro envolvente
Penetra-me 
a intensidade da sua pulsação
Aqui
ele reina imperiosamente
Nele
parte a esperança
em cada onda revolta
que morre na rebentação
Naufraga a saudade
Permanecem os sonhos
que são como árvores
caídas arrastadas pela tempestade
que morrem sem dar fruto.

29 comentários:

Everson Russo disse...

Medos, misterios, mar, profundos e pra serem vencidos e decifrados...beijos de boa semana pra ti amiga.

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!!

Belíssima poesia minha amiga!!!
Com profundidade!!!Com coração!!!
Lindo!E a foto também é linda!!!
O mar é maravilhoso!
Beijos e tudo de bom sempre pra ti!!!!

AC disse...

O mar, esse caldo de todas as origens...!

Beijo :)

Violet* disse...

Como eu adoro o que escreves querida Adélia! beijinho enorme :)

São disse...

também sou apaixonada pelo mar...

Beijinhos, Adelinha

✿ chica disse...

Lindas tuas palVRAS E FOTO...eSTOU EM FÉRIAS NO MAR E É LINDO!!!BEIJOS,CHICA

✿ chica disse...

Lindas tuas palVRAS E FOTO...eSTOU EM FÉRIAS NO MAR E É LINDO!!!BEIJOS,CHICA

Sandra disse...

Se os sonhos permanecem o medo se afogará nas suas águas.

Um beijo e um abraço especial pelo carinho que sempre tens comigo.

saudades de voltar...

BlueShell disse...

Os medos...os nossos medos, sempre...mas enquanto "permanecem os sonhos"...há esperança, minha jóia!
Te abraço

nacasadorau disse...

Olá amiga Adélia!

Um belo poema que revela medos ... quem não os tem!

Linda também a foto.

Beijinho

luar perdido disse...

O mar! Intenso, sem fim, onde tudo se mistura, tudo começou...O mar, profundo, rude e manso...O mar onde os nossos medos se escondem, onde as nossas lágrimas encontram outro sal. Sim o mar, esse jorro de força tão belo. Adorei!
Beijos de luar

luar perdido disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Puma disse...

Tudo se move

até as tempestades

carol disse...

Muito bonito, este poema! O mar e os seus mistérios, e a sua atração como a do abismo. O mar e as suas belezas profundas, aquela música, aquele movimento que nos mareia. Tão belo e tão horrível!

(Já sei que não consegues comentar no meu blogue. A Catarina disse que só consegue se entrar pelo Firefox. Serás capaz de o fazer? É que eu não seria...)

Beijinhos

lino disse...

Belíssimas, imagem e palavras!
Beijo

Lilá(s) disse...

Os meus medos também não me têm dado descanso...há que os vencer...
Beijos querida amiga

Sonhadora disse...

Minha querida

Por vezes olhando o mar a calma e a tranquilidade entra em nós.
Lindo como sempre.


Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Lacorrilha disse...

O mar, sempre inspirador e tranquilizante.
Agora é a minha vez de adivinhar onde foi tirada essa fotografia. Não me cheira à Vieira. Voto em São Pedro de Moel.
Beijocas

Arnoldo Pimentel disse...

Profundo e belo poema, Beijos

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!!!!

Tenha um maravilhoso dia minha amiga!!!!Beijos!!!

Everson Russo disse...

Um belo dia repleto de poesia,,,amor e carinho pra ti minha amiga...beijos e beijos.

Carlota Pires Dacosta disse...

É bom deixar os medos envoltos na espuma do mar.
Beijo

@ Escritora disse...

Belo!

Saudações

acácia rubra disse...

Flor de Jasmim

Tenho saudades do mar, do calmo e do bravo, do mistério que o revolta ou da doçura salgada que me molha.

Cresci a ver o mar, a adivinhar-lhe o temperamento, a quentura, os perigos, o mergulhar.

Sou mar, salgada e em maré viva.

Beijo

Mar Arável disse...

... até o mar ...

todos os azuis...
têm dias
alguns infinitos

aos nossos olhos

Pedro Coimbra disse...

Hoje estou a conseguir comentar, Adélia.
Para ver o imenso mar.
Beijo

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!!

Que seu dia seja ótimo minha querida!!!Tudo de bom!!!
Beijos!

Ana Martins disse...

Adélia, boa noite!
Medos, todos temos, mas os seus, deram origem a um excelente poema!

Beijinho,
Ana Martins

claudiaymarques disse...

Adélia flor de pessoa...só posso vir aqui e agradecer as palavras que escreve para mim e ma alegra...Verdade amiga!! como a gente pode gostar tanto de alguem sem nem conhecer pessolmente!! Mas isso acontece e ainda bem!! prova que a amizade,o amor não depende do que se vê e sim do que se sente ...
Adélia to voltando aos pouquinhos,mas com saudades.............que foto maravilhosa essa!! Vejo pouco o mar e sinto saudades...
muitos beijos para você amiga e que você continue com esse coração amoroso
beijinhos
titi