Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Dor


Foto minha


Dor
Tristeza
Dúvidas
Incertezas
Perseguição aos meus tormentos
Agressividade
Falta de partilha
Ausência de sinceridade
Desinteresse
insensibilidade
sobreposta ao grau da minha compreensão
Palavras
rasgando-me o coração
Feridas que sangram
Perguntas sem resposta
Acreditar
quero não consigo
Meus lábios
rejeitam o sorriso
Sinto medo
que o amanhã chegue.

44 comentários:

Agulheta disse...

Olá boa amiga.Quem não tem medo do amanhã,cada dia mais negro por falta de sensibilidade dos homens,tudo destruíram em prol do vil metal,amanhã pode ser muito tarde para o futuro dos filhos e netos,e de igual modo sinto dor e muita tristeza.
Beijinho e boa semana

Lacorrilha disse...

Por aqui o estado de espírito também não é dos melhores, mas sou otimista. Vai tudo correr. Tem de correr.
Beijocas e muita força.

acácia rubra disse...

Todos temos medo do amanhã. Uns mais, outros menos. Depende do grau de consciência moral e cívica de cada um.

Eu também tenho medo. Já somos duas. E duas mulheres com medo são mais corajosas que seis homens com ele.

Vamos lá, a estratégia é não revelarmos que o temos...

Beijo

Rosa dos Ventos disse...

Amanhã é outro dia...e será bem melhor, vais ver! :-))

Abraço

oteudoceolhar disse...

Minha Flor,

quantos de nós temos esses medos e não os assumimos?
Tb tenho medo do amanhã, mas pelo menos assumimos, temos essa coragem, quiça ao assumirmos o amanhã não será bem diferente?
Um beijo n´oteudoceolhar.
FORÇA

✿ chica disse...

Esse medo vai passar! Linda foto! beijos,de volta,chica

Margarida Costa disse...

O tempo, embora triste, faz alegres muitas fotos. A tua.
Beijinhos

lino disse...

Força, que para a frente é que é o caminho!
Beijinho

Gisa disse...

Olha firme para frente, sempre dá certo.
Um grande bj

Antônio Lídio Gomes disse...

Flor de Jasmim, mas que esse medo não seja o empecilho para acreditar que o futuro possa ser melhor.
Um abraço.
Beijos.

Turista disse...

Querida Flor, não gosto quando te leio, tão triste... um grande beijinho.

Nilson Barcelli disse...

Anima-te.
Porque o amanhã não existe.
Gostei do teu poema, apesar de sombrio...
Flor, querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

Graça Sampaio disse...

Que é isso, uma mulher de armas com medo? Era o que mais faltava! Toca a animar e a olhar para a frente!
Força!

Beijinhos e abraços.

Bella disse...

Não tenhas medo do amanhã. O amanhã é um novo dia, uma página ainda em branco, para escrevermos uma história melhor.
Beijinho muito, muito grande. Não gosto de te sentir triste:(

Lilá(s) disse...

A esperança é a última a morrer, amanhã vai ser melhor...um abraço querida amiga
Bjs

Pedro Coimbra disse...

Motivado pela partida do seu amigo, Adélia?
Sentidos pêsames.
Bjs

Carlota Pires Dacosta disse...

O medo do amanhã, da incerteza é uma dor que nos devassa incessantemente.
A perda de algúem que nos era querido, doi no momento, e no lugar dessa dor, ficará a saudade dos bons momentos vividos.
Beijo

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!

Ah!Minha amiga...lindo o poema e a foto!!!
Não perca as esperanças...continue acreditando!Fé sempre.Que tudo melhore por aí!
Beijos com carinho!

Everson Russo disse...

Essa dor sempre nos acompanhará pelos longos caminhos da vida...mas temos a força para vencê-la com toda certeza....beijos de bom dia pra ti amiga.

São disse...

Gosto muiiiito da foto.

Fiquei preocupada com o teu texto.

Te deixo um abraço apertado, Adelinha...e ânimo, linda!

Observador disse...

Gostei da foto e do texto?

Que dizer mais?

Recordar uma dor?
Não, recuso-me a (re)abrir feridas.

Um beijinho

São disse...

Minha querida amiga, regresso para te deixar o meu solidário abraço nesta hora triste.

Paz ao teu amigo.

Catarina disse...

Uma foto a condizer com o poema.

Jardineiro do Rei disse...

Flor de Jasmim...

Todos nós temos muito medo...
Medo do amanhã
Medo do desconhecido
Medo dos nossos fantasmas
Medo das palavras... nós somos donos das palavras que não dizemos... e escravos das palavras que pronunciamos.
Com as palavras e as atitudes se constrói a paz e se faz a guerra, no mundo e no nosso coração.
Mas não de esqueças, Flor de Jasmim...
...tudo na Vida é breve e passageiro. Tudo passa. Até este momento vai passar.
E há sempre um amanhã que renasce em cada manhã. E tu és especial... e fazes parte como actriz principal do grande palco da vida!
Mas olha...
Deixa a Deus o papel de "ponto". Quem sabe ele te vai indicar o caminho...

um abraço

joão

dina vanessa mercado disse...

lovely pics....!!! enjoyed your

blog!!!

visit my blog...

http://voguelyvan.blogspot.com/

kisses!!1

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti minha amiga querida, muita paz, muita poesia e muitas flores...beijos e beijos.

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!!

Minha amiga querida, que seu dia seja bem tranquilo e acolhedor!!!
Beijos pra ti!!!

Mery disse...

Tudo lindo, embora muito Triste, a Tristeza está retratada na imagem também; eu tenho Medo, sou medrosa demais, mas "isso também passa", dizia a minha mãe quando eu me queixava do Medo que sentia*...
Beijinhos

Fernanda disse...

O amanhã é sempre uma grande incerteza, amiga Adélia.

Um belo poema com um sabor muito nostálgico.

Beijo

AFRICA EM POESIA disse...

adorei o poema


só hoje respondo a visita ao meu cantinho
Só hoje fiquei tranquila para o fazer.
esta lareira não era uma lareira qualquer
era a minha lareira.
e era a minha preocupação..
O meu marido ia ser operado.eu estava muito preocupada e sem animo para muita coisa.
Mas a operação correu muito bem e ele já está em casa.
ontem tbm fiz uma pequena cirurgia à boca para implantes e vim muito debilitada e nem abri o pc.
hoje venho dar-vos um beijo e partilhar convosco a razão da minha ausência..

beijosssssss

LAREIRA

Lareira acesa...
Lareira quente...
Vermelha muito vermelha...
Cheia de cores...
Que aquecem...
E me deixam encostar...
O meu rosto ao teu...
E dizer-te baixinho...
Fica aqui...
E deixa-me ficar...
Sempre assim!...

LILI LARANJO

Sonhadora disse...

Coragem amiga. É sempre difícil encarar a "partida" de um amigo. Temos que nos conformar!A vida é isto mesmo! Melhores dias virão!...

A tua foto, embora triste como o dia, está linda.

Beijinho

titi disse...

Florzinha..cheguei vim te ver...desculpe-me tenho te visitado pouco...a vida..a vida..
Amiga que poema lindo,mesmo tristinho...ainda que amanha é outro dia né?..Sempre há um conforto no dia seguinte,senão oque seria de nós...?..fé..força sempre..
sua miguinha
titi

BlueShell disse...

Pode não parecer, mas eu sei bem o que é a gente sentir-se assim....
Há medo , há incerteza, há o não saber o que fazer...enfim...há dor.

Não tenho vindo visitar ninguém pois tenho andado adoentada. E hoje estou para sair para Coimbra com o meu marido para exames de rotina...É sempre "aquela ansiedade"...entendes?

Espero que tudo se componha...por assim dizer..para ti. Epara a tua família. Nem posso imaginar a dolorosa situação de ver um filho sofer...
Te abraço forte, querida.
BS

Maria disse...

Minha amiga um poema intenso e pleno de sensibilidade. Eu tento não pensar no amanhã, a não ser quando o Hoje é dificil de suportar. Aí sim, agarro-me à esperança do amanhã ser melhor que o hoje, caso contrário vou vivendo o melhor possível o presente.
Venho agradecer o ter comemorado comigo o aniversário da minha mãezinha. Muito obrigado pelo seu carinho e amizade sempre constantes.
Envio um abraço bem apertadinho e um grande beijinho.
MAria

Everson Russo disse...

Um dia repleto de paz e carinho pra ti minha amiga...beijos.

titi disse...

Passando de novo para deixar beijinhos e muitas flores para você..amiga do coração você é..
beijos mil..titi

Ana Martins disse...

Adélia, boa noite!
A foto, por si só já é um poema nostálgico e cinzento, depois, no próprio poema sente-se uma dor incontornável e um medo dilacerante. Por tudo isto, li todos os comentários mas ainda assim continuo com dúvidas.
Que se passa, minha amiga?
Perdeu um amigo querido?
Tem um filho doente?

Se puder e quiser desabafar, sabe que estarei sempre disponível.

Deixo um beijinho grande e o desejo de que logo logo tudo volte à normalidade com muita saúde entre todos os que lhe são queridos.

Ana Martins

Sonhadora disse...

Minha querida

Por vezes o silêncio e um abraço fala mais que mil palavras...e eu deixo-te o meu...sente-o.

Sonhadora

Everson Russo disse...

Um final de semana repleto de paz e muita poesia pra ti minha amiga,,,beijos e flores...

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!!

Minha linda tenha um ótimo final de semana!!!
Beijos meus com carinho!!

Lídia Frade disse...

QUERIDA ADÉLIA!!!
O TEU LINDO POEMA TEM TANTO DE SOFRIMENTO COMO DE PALAVRAS!!!

COMO DE NUVENS ESCURAS TEM A TUA FOTO FOTO, QUE O ACOMPANHA, E QUE, REFLETE IGUALMENTE ESSA TRISTEZA, AINDA QUE COMO FOTO SEJA BONITA.

UM FIM DE SEMANA MAIS ALEGRE AMIGA!!!
BEIJINHOS
LÍDIA

Multiolhares disse...

os medos são terriveis, mas só quando os enfrentamos os podemos vencer, por isso minha amiga o amanhã vai chegar , tens de te preparar para o enfrentar e vencer
bjs

luar perdido disse...

Minha querida, gostava de ter um raio de sol para te enviar e uma rosa no olhar para te entregar, mas...As nuvens por vezes tapam o sol e encobrem a lua, escondem a luz que nos ilumina os passos. Mas temos que olhar em frente e seguir, fazer do medo do amanhã uma forçaque nos impele para a luta, para mais um dia.
Deixo-te o meu coração batendo ao compasso do teu.

Beijo de luar

Luís Coelho disse...

As nossas dúvidas e incertezas ferem-nos e o amanhã será sempre uma dúvida agressiva.
Não podemos viver assim dramatizando a vida ainda mais.
Cada coisa no seu tempo.
Penso que devemos arranjar forças hoje para enfrentar esse futuro, mas nunca deixarmos que esse medo nos sufoque.
Se olharmos para o passado vemos tantas coisas que também pensávamos serem intransponíveis...afinal apenas devemos lutar em cada dia por tudo quanto acreditamos.