Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Refugio

Foto minha


Lugares únicos
que defino como refugio
que me dão alento
transmitindo-me sensações especiais
quando a tristeza me abraça.

Momentos mágicos
como saborear o silêncio das palavras
palavras delicadas
tantas vezes silenciadas
incapazes de transmitir sentimentos.

23 comentários:

Catarina disse...

Uma paisagem que pode intimidar mas igualmente deslumbrar.
Bjos

Malu Machado disse...

daria o nome à esta foto de Praia em dia de chuva. Linda imagem. Gostaria de saber que praia é esta.

Bjs,

Rogério Pereira disse...

Quando se apanha assim a imagem de um lugar, nem precisa de palavras para expressar sentimentos. Eles estão no que a vista alcança.

✿ chica disse...

Esse é um maravilhoso refúgio.LINDA FOTO!! beijos,ótima semana,chica

Mari Rehermann disse...

Que imagem...que refúgio...
Lindo poema!

Tenha uma ótima noite!
Beijos!♥

Pedro Coimbra disse...

Este é um refúgio bem bonito, Adélia.
Beijinho

quem és, que fazes aqui? disse...

Das-me a localização? É que, com um refúgio assim, não há necessidade de palavras!

Beijo

Laura

Everson Russo disse...

Refugios da alma,,,muitas vezes essas palavras silenciadas transmitem muito mais do que as proferidas...beijos de bom dia pra ti amiga.

Rosa dos Ventos disse...

O mar é sempre uma ´
óptima companhia!

Abraço

JP disse...

Palavras assim,desamparadas e desertas, pelo silêncio fascinadas! Essas transmitem sempre sentimentos.
Belo refúgio este (Peniche?)

Beijinho

folha seca disse...

Ouve um dia das nossas vidas em que com uma toalha de banho às costas e uns calções antiquados fui a este teu refúgio, desafiar-te a largar-mos ambos a solidão em que vivíamos. Nunca mais te larguei e que assim seja, até ao resto das nossas vidas.
Unidos venceremos!
Um beijo
Rodrigo

São disse...

QWue bom teres um regúgio assim...

Um abraço enorme, Adelinha

Lacorrilha disse...

Alguém está a ficar pro em fotografia. Está excelente e esse céu, nem tenho palavras.
Valha-nos este nossos cantinhos, para nos ajudar a espantar as más energias e dar algum alento.
Beijinhos

Sandra Subtil disse...

Às vezes, é no silêncio dos nossos refúgios que nos encontramos.
Um beijinho minha querida

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Também preciso do meu refúgio, Flor. Nos últimos tempos, por estranho que pareça, já não é no meu Rochedo a ver o mar que encontro a paz. Preciso cada vez mais de espaços verdes com serranias em fundo. Espero que seja passageiro...
Beijinho

Agulheta disse...

Amiga Adélia.O silêncio por vezes é o nosso melhor companheiro.Gosto bastante da foto com o farol ao longe.
Já vi o meu blog,por lá está tudo bem!
Beijinhos para ti

Graça Sampaio disse...

Belíssimo refúgio! A nossa bela costa e a bela declaração de amor do teu bom folha seca... Tudo muito bonito!

Juntos vencerão!

Beijinhos para ambos.

Pérola disse...

Estes lugares únicos que moram em nós são necessários e especiais.
Que linda casa você tem. Acolhedora.
Um beijo, até à próxima!

Malu Machado disse...

Linda praia! E descobri o que são sardinheiras, viu. rss Para nós são gerânios. Desde que fui à Europa me encantei com as flores nos vasos. por aqui não temos este hábito. Estou louca para arrumar uma espécie que aceite vaso e fique bonitas como as suas. Quem sabe acerto com as sardinheiras.

Beijos,

Nilson Barcelli disse...

É bom ter esses lugares de refúgio.
Gostei das tuas palavras, como sempre.
Beijo, querida amiga.

Sonhadora disse...

Minha querida

Por vezes é nesses refúgios onde nos podemos encontrar connosco que nos sentimos docemente calmas.
Lindo o teu refúgio.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Mery disse...

Todos disseram o que eu quero te dizer "esses lugares "lindos, por sinal, "são refúgios que acalmam a alma da gente*.
Que belo o teu refúgio, fiquei babando aqui...
As praias de Portugal são tão bonitas!
Aqui, no Brasil a polução tá demais!
Tomar um banho no mar dá medo.
Beijo/ Mery*

Majo disse...

~
~ ~ Uma foto belíssima de um refúgio encantador. ~ ~

~ ~ Que os seus refúgios sejam lugares, onde sinta verdadeiro conforto espiritual. ~ ~