Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Procuro


Foto minha



Não sei o que sou
desconheço o que sei
o que faço.

Procuro em mim
qualquer vestígio
daquilo que fui.


 

21 comentários:

✿ chica disse...

Lindo e profundo!Linda foto!! beijos,ótima semana,chica

Pedro Coimbra disse...

Do que foi e do que virá a ser, Adélia.
Procuramos todos por isso.
Beijinhos

ONG ALERTA disse...

Belo para pensar...beijo Lisette.

Everson Russo disse...

E ao certo encontrará algum vestígio na alma...beijos amiga e um belo dia pra ti.

Observador disse...

Não se esqueça disto: o que procura está dentro de si.

Um beijinho e um sorriso.
:)

lino disse...

Belo mas triste :(
Beijinho

Lídia Borges disse...


Há uma relação íntima entre as palavras e a imagem.
Num mundo fragmentado, a inteireza do ser é a procura de muitos poetas.

Um beijo

Lacorrilha disse...

Ai como vai esse coração.
Beijinhos

Fê-blue bird disse...

Amiga, não são precisas muitas palavras para dizer grandes coisas.
Um imagem a condizer.

Como a entendo!

Beijinhos

quem és, que fazes aqui? disse...


Dizes que não sabes quem és, o que sabes e o que fazes.

E eu contradigo-te. SABES, porque só quem bem se conhece é capaz de em seis versos, sintetizar a procura incessante do ser, enquanto SER.

Beijinho, Flor

Laura

AFRICA EM POESIA disse...

Flor de Jasmin



um beijinho e obrigada pela visita é sempre bom sentir o bater do coração dos amigos
gostaste do livro?

Eu sei que sabes
quem és,
e sabes
o que fazes.

procura...
procura sem descanso
e sem ter medo

Quando menos esperares
verás que encontraste
e finalmente...
poderás sorrir
porque vais ter a certeza

que valeu a pena!...



um beijo

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Não procures porque tu és uma alma linda e o resto vai passar.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti minha amiga,,,beijos e flores...

Maria Alice Cerqueira disse...

Amiga hoje eu vim lhe oferecer dois selinhos, um de 700 seguidores e o outro de Natal.
http://www.mariaalicecerqueira.com/
Obrigada pelo carinho de sua presença lá no meu cantinho.
Tenha uma linda tarde junto com o desejo de Feliz Natal.
Abraço muito amigo
Maria Alice

Janita disse...

Amiga Flor, quem sabe se o que procuras não está tão perto que nem te apercebes?
Olhar dentro de nós, ajuda-nos imenso na procura de algo que pensamos ser impossível de encontrar.
A foto é tão misteriosa como as tuas palavras, amiga Adélia!
Não sei se é um pedaço de madeira se um cogumelo gigante...mas beleza não lhes falta.

Beijinhos.

Sandra Subtil disse...

És linda! E a tua alma ainda mais.
Beijoooo

Pedro Coimbra disse...

Passo para deixar um beijinho e votos de bfds

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Foi quase um pensamento, uma frase ou um lamento.

Coisas simples que nos interrogam...

Coisas cheias de sentido e de verdade

Adélia, agradeço muito a visita e os comentários. Como lhe disse em tempo também tenho dificuldade em postar um comentário aí na Flor de Jasmim e também no Folha Seca.
Vou tentando sempre.
Esta semana o técnico trocou o Antivírus aqui no meu PC.
Não sei se os problemas vem da Web.
Há dias que ao entrar no blogue aparecem-me configurações que não efectuei. Textos com tamanho e tipos diferentes de letras em parágrafos completos.
Não tenho explicação.
Desejo-vos um bom fim de semana.

Everson Russo disse...

Um belo final de semana pra ti minha amiga querida,,,beijos e flores...

Vivian Fernandes de Goes disse...

Olá,Adélia!!

Existem momentos que nso sentimos assim...mas passa...
Lindo e profundo poema!
Beijos e meu carinho!

Elisa T. Campos disse...

Tocante

Logo saberás o que procuras quando neste pedaço de tronco um novo broto nascer.
Bjs