Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Tudo atormenta

Foto minha


Escrevo nos momentos
em que o pensamento não alivia
em que as forças parecem esgotadas.

É difícil quando tudo atormenta
sinto o coração sufocar
pela a angustia que o estrangula.

Dias cinzentos, nostálgicos
 Noites
assustadoras, mal dormidas
A inquietação
imprevisível como a chuva
que vem sem avisar
As dúvidas  
são constantes
deterioram a esperança.

24 comentários:

luisa disse...

Nunca devemos deixar de acalentar a esperança... venha a chuva que vier. :)

Aleatoriamente disse...

Aquieta teu coração amada, Deus cuida de todas as coisas. Você é especial.

Beijinho

✿ chica disse...

Que teu coração possa ter paz e ver esperanças! beijos,linda semana,chica

Rogério Pereira disse...

O sol vai estar
Onde gostará de o encontrar

Pedro Coimbra disse...

Que a tempestade a tormenta passem depressa, Adélia.
E que se siga a tão ansiada bonança.
Beijinho

Lilá(s) disse...

Aqui deste lado, sinto forte as tuas tormentas, apenas que posso dizer que em breve será primavera, talvez os dias "cinzentos" vão embora de vez, ou pelo menos tragam a cor da esperança...
Bjs

Rosa dos Ventos disse...

Mas há sempre algo para nos animar e aquecer o coração!
Eu penso no sorriso do meu neto...já que agora estou longe dele!

Abraço solidário

Observador disse...

Um texto marcado por algum desânimo, Adélia.

Respire e sorria.

Beijinho e um sorriso.
:)

lino disse...

A esperança tem de ser a última a morrer!
Beijinho

Fê Blue bird disse...

Amiga Adélia...

Estas minhas reticências indicam que não sei o que escrever para te ajudar nesse desanimo.
É fácil dizer palavras bonitas, dar conselhos, mas sei o quanto dói os dias passarem e não vermos nada a avançar, nada positivo.
Todos os dias quando me levanto digo estas palavras:
Fê, um dia de cada vez!


Beijinho

Lacorrilha disse...

E essas tristezas que nunca mais dão uma trégua. Um abraço daqueles.

Corina de Oliveira disse...

lindissimo :)

Turista disse...

Querida Flor, estou sempre com o pensamento em vós.
Beijinhos grandes.

Sandra Subtil disse...

Minha querida,
as nuvens dissipar-se-ão, o sol voltará e o cinzento dará lugar a uma azul safira. Eu acredito que sim.

Beijinho

BlueShell disse...

Oh Adélia, sei como é sentir assim...os dias, as noites...marcadas pelo susto, pela inquietação, pelo desãnimo, pela falta de forças...
Mas tu és uma mulher de luta, que eu sinto isso e vais superar cada um dos obstáculos que se te depararem. Vais por força do muito amor que tens dentro de ti. Farás de cada pedra um degrau e construirás uma escada para atravessar toda a turbulência.
BEIJO

esquecimedeviver disse...

Com Fé tudo conseguimos na vida. Não a percas, agarra-te àquela luz que brilha ao fundo e segue em frente. Vamos viver um dia de cada vez, porque o dia seguinte é um dia diferente!
Beijinhos com carinho

São disse...

tens razão, Adelinha, estamos em tempo de angústia e incerteza, mas há sempre um futuro e a hipótese de lutar por ele.

Abraço forte .

Janita disse...

Querida Adélia.

Tudo atormenta e nos consome quando a angústia toma conta de nós. És uma lutadora por natureza e um dia a tormenta dará lugar à bonança. Há que viver o dia de hoje, amanhã será outro dia.
Ânimo, Flor de Jasmim!

A foto é de uma linda e invulgar trepadeira. Tens tanta beleza a rodear-te, amiga...

Beijinhos esperançados.

Catarina disse...

Recordar bons momentos pode atenuar a amargura. Pensar que o dia de amanhã vai ser melhor, tb!
Um abraço amigo.

Pedro Coimbra disse...

Passo para deixar um beijinho e votos de bom fim-de-semana!

Vivian Fernandes de Goes disse...

Bom dia,Adélia!!

Uma poesia que alivia a alma...liberta o que está dentro...escrever o que sentimos sempre ajuda.
Que um novo dia chegue, trazendo paz e levezas para ti,minha amiga!
Beijos e meu carinho!

quem és, que fazes aqui? disse...


Andamos atormentados, o mundo atormenta e a vida é uma tormenta.

Já nem sei se a coragem existe...

Beijo

Laura

cantinho disse...

Nunca sucumbir.
Beijinho

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Todos vivemos momentos assim. Parece que até a esperança em dias melhores nos abandonou.

É preciso continuar a caminhada e se há coisas que devemos conservar é precisamente essa força de viver .

Votos de um bom dia