Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Caminhos


Foto minha


Arriscar
numa luta intensa
que pode durar
para toda a vida
 ou não
na ousadia
de  seguir ao encontro
do desconhecido.
 
Insatisfação  
de conhecer a realidade
quando
procuramos respostas
demasiadas vezes.
 
Descontentes
nos caminhos percorridos
ceifando-nos as forças
para aqueles que temos
a percorrer.

18 comentários:

São disse...

Minha linda, os caminhos sempre têm curvas e contracurvas , na maior parte das vezes...mesmo aqueles que 8nos) parecem suaves.


Adelinha, que tenhas sonhos agradáveis e continues a tirar bonitas fotos, rrs

Pedro Coimbra disse...

Arrisque na busca do caminho, Adélia.
Olhe só onde o risco me trouxe.
A melhor decisão da minha vida!
Beijinhos

Majo disse...

Que sejas abençoada por um brilhante discernimento que te ajude a encontrar os melhores caminhos.
Que nunca te esmoreça a força e a coragem.

O teu poema parece que te está a ajudar a encontrar o rumo que procuras.

Beijinhos.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Penso que devemos arriscar sempre.
Toda a nossa vida é um risco que prudentemente vamos percorrendo.
No fim nem tudo foi perfeito, mas até lá ... a luta faz-se diariamente...

✿ chica disse...

Há de se ter força pra percorrer tanto caminho que falta!!! beijos praianos,chica

Rosa dos Ventos disse...

Mas o caminho faz-se caminhando!

Abraço

Rui Espírito Santo disse...

Quem faz o que sempre fez, não pode esperar resultados diferentes, Adélia !
Por isso, mesmo com o risco da "insatisfação" e do "descontentamento" precisamos de arriscar sempre com vista ao encontro da satisfação de novas respostas e do contentamento nos novos caminhos!

Beijinhos sorridentes, Adélia ! :))
.

Graça Sampaio disse...

Às mulheres fortes, não há quem lhes ceife as forças, Flor!

Beijinho

lino disse...

Caminhos a percorrer...
Beijinho

Fê blue bird disse...

Amiga Adélia, este teu poema/desabafo lembrou-me esta canção que sempre ouço quando me sinto em baixo:


Tocando em Frente
Almir Sater

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei
Ou nada sei

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz



Só quero que sejas feliz minha amiga.
beijinho



Janita disse...

Minha amiga.

Esse caminho que fotografaste é ladeado de belas árvores e o piso parece-me liso, sem pedras nem obstáculos.
Desejo que seja qual for o caminho que escolheres, seja tão belo como o da foto. Calmo e cheio de luz!

Beijinhos com amizade.

Lilá(s) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lilá(s) disse...

A vida é uma luta constante,e são tantos os caminhos ainda a percorrer, mas nada que uma lutadora como tu não supere...
Beijinhos

Susana Miranda disse...



Querida Adélia.


A vida é mesmo assim…os caminhos por vezes são sinuosos…conseguindo contornar os obstáculos, deparámo-nos com a grandiosidade das pequenas coisas que nos fazem felizes.

Beijinho e um sorriso
Susana

JP disse...

O encontro com o desconhecido pode até atrair e rompe com a preguiça de seguir sempre o mesmo caminho


Beijinho

Agulheta disse...

Olá amiga! O caminho é sempre uma meta para o desafio,se queremos alcançar o horizonte da vida.Que tudo esteja bem,por aqui vai indo,ainda com dores,assim é a vida.
Beijinhos.

Ricardo- águialivre disse...

No arriscar está a essência da vida...Quem não arrisca não petisca, lá diz o ditado..e é verdadeiro

Deixo abraço amigo
*****************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Ricardo- águialivre disse...

No arriscar está a essência da vida...Quem não arrisca não petisca, lá diz o ditado..e é verdadeiro

Deixo abraço amigo
*****************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/