Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Chove no olhar



Foto minha
 
 

Na areia molhada
desenho corações
escrevo
palavras carinhosas
o mar leva-as
como se a ele pertencem.
 
São
declarações de amor
que faço
aos ouvidos do vento
em forma de presente.
 
Nos momentos
em que o desespero
se quer instalar
em que o sol não vai brilhar
momentos
em que me chove no olhar.
 

24 comentários:

Lacorrilha disse...

Que fotografia mais linda. Amei.

Rosa dos Ventos disse...

Chove-nos no olhar e também lá fora!
Belo poema e bela foto!

Abraço

✿ chica disse...

Linda foto e poesia bem inspirada!beijos,chicas,

AFRICA EM POESIA disse...

Amiga Flor


obrigada pela visita ao meu blogue

é com carinho que vos vejo por aqui e sinto uma alegria grande.

2013 foi dificil pois tenho tido o marido gravemente doente e passou as festas natalicias internado no Hospital no Porto
não ´tem sido para mim nada fácil pois tenho que me desdobrar e ir todos os dias ao Porto e o medo e a aflição têm-me feito companhia permanentemente.
ontem achei-o melhor e espero que esta etapa se vença com êxito.

mesmo assim venho desejar um ano 2014 igual ao que desejo para mim ..muitoa amigos verdadeiros e muito saúde..

um beijo grande..

Nanda Assis disse...

gostei, poema fofo.

bjos...

Catarina disse...

Ai essa praia, esse vento, esse mar.... como eles te ouvem...
Bjos

John L.S. disse...

Profundamente belo!

Pedro Coimbra disse...

Muito bonito, Adélia.
Beijinho e BFDS!!

Observador disse...

Lindo, Adélia.

Beijinho e um sorriso :)

Maria disse...

que linda fotografia **

São disse...

A fotografia é um espectáculo!!

O texto é bonito, mas não gosto que te chova no olhar, temos que fazer brilhar o sol, amiga!


Minha linda, que este primeiro fim de semana do novo ano seja muito agradável e que o sejam todos os de 2014!

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Um poema intenso. Aqui o mar carregou a sua força e faz balançar os mais fortes...
Que mais podemos fazer quando nos chove no olhar...??

Deixa chover, não cura mas alivía.

JP disse...

O mar sempre foi nosso confidente, mas acredito ainda que o mar, esse mesmo mar nos há-de mostrar o brilho do sol...

Beijinho

ᄊム尺goん disse...

[e é de dentro a nascente perene
a interação entre o ser e o outro
e entre este mesmo ser e o mundo.]


abç

luar perdido disse...

Minha querida princesa-flor. Passou o ano naquela fracção de segundo que parece que o mundo fica suspenso e se esquece que todos os dias à meia-noite passa para outro dia, mas enfim...Nós humanos somos assim e pronto.
Como está a tua mãe?
Sei o que dói vermos a desistencia e a degradação da vida daqueles que nos deram o ser e a quem amamos com todas as nossas forças de filhos. Tem força minha doce Adélia, tens as minhas mãos que prendem as tuas para te dar animo (ainda que de longe...Mas estão aqui).
Que este novo ano seja pleno de bons momentos e sorrisos e que as lágrimas que invariavelmente sempre se irão derramar sejam para regar sementes de amor que semeamos nas vidas dos que amamos.
Que no teu olhar só chova alegria, saude e paz.
Um bom ano minha querida.
Um beijo doce e terno carregado de coragem

lino disse...

Lindos, poema e foto!
Beijinho

Janita disse...

Minha querida,

A foto é um espanto e o poema um encanto! O mar devolve tudo o que leva, espera e verás o sol brilhar, as palavras carinhosas e as declarações de amor voltarem para ti, de novo.
Espera só que a maré mude e tudo te será devolvido, sem lágrimas!

Beijinhos com ternura, Adélia.

Majo disse...

Um poema belo como bela é a tua alma, delicada e perfumada Flor Amiga.

Um abraço solidário, com um veemente desejo: que o Sol volte a brilhar docemente para ti.

Maria do Sol disse...

Ás vezes, ainda que num abrigo, chove-nos no olhar.
Beijinho

Nilson Barcelli disse...

Para além do talento que tens para a poesia (gostei do teu poema), também tens para a fotografia e para desenhar corações...
Minha querida amiga, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
Beijo.

luisa disse...

Pode chover mas, como é sabido, o sol sempre volta. :)
Bom ano 2014!

Teté disse...

Depois da tempestade vem a bonança e a chuva desaparece... :)

Gostei da foto!

Beijocas

Silenciosamente ouvindo... disse...

Uma bonita poesia nestes dias
de chuva.
Bj.
Irene Alves

Fê blue bird disse...

O mar leva, o mar dá.
Esperemos melhores marés minha amiga.

beijinho