Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

A cada momento


Foto minha


Sou alguém
que acredita no bem
uma revoltada
que não aceita sorridente 
tanta maldade.

Sou simplesmente mulher
amiga, companheira
mãe, avó
sou simplesmente um ser humano
a transbordar de amor e ternura

A cada momento

sinto que deixei de viver
simplesmente sobrevivo
na amargura do mal da vida.

Luto contra a impotência
contra o sofrimento
mas de nada me vale
continuo a sofrer
e a ver aqueles que amo
inocentemente sofrendo.

15 comentários:

✿ chica disse...

Ninguém consegue ficar fria diante de inocentes que sofrem. Fica bem! beijos,chica

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ninguém lúcido consegue ficar indiferente.
Beijinho e uma boa semana

Pedro Coimbra disse...

Melhores dias virão.
Beijinhos

luís rodrigues coelho Coelho disse...

O sofrimento é uma característica desta vida que muito nos marca.
Na actualidade o sofrimento sem esperanças tornou-se uma constante que nos faz sangrar por fora e por dentro.

Majo disse...

~ "De nada me vale continuar sofrendo"... É um bom princípio.
~ É dever e obrigação moral, reagir á adversidade porque,
só assim poderás animar quem amas.
~ É preciso ser humilde e apreciar a saúde e as pequenas
bençãos da vida, como por exemplo, uma bela flor silvestre.

~ Espero que nos envies as tuas boas fotos deste lindíssimo
Maio, que te recusas a ver.

~ ~ ~ Grande abraço amigo. ~ ~ ~

Rosa dos Ventos disse...

Abraço solidário

Agulheta disse...

Amiga Adelia! Infelizmente como te tenho dito,vejo muita gente sangrar de dor e desilusão pela trama a que nos conduziram.Gosto de vir aqui quando tenho tempo.Beijinhos e vê se te animas um pouco.Beijos

lino disse...

Beijinho solidário!

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Tu és uma lutadora e és capaz de lutar e vencer contra uma muralha (como a da tua bonita foto..) de revolta, de desilusão, de desânimo, de tristeza... Quando ultrapassares essa barreira...verás o sol brilhar do outro lado...Muita força e coragem
Mil beijos
Graça

Janita disse...

Deixo-te um abraço fraterno e muita solidariedade, Adélia.

Beijinhos tristes, por ti!

José María Souza Costa disse...

Olá.

Por aqui deixo os meus sentimentos de Amizade.
Abraço.

São disse...

Compreendo perfeitamente a tua aflição, Adelinha.

Mas temos que seguir adiante, nem que seja aos tropeções . Até para podermos ajudar de algum modo quem nos necessita e nós gostamos.

Abraço de ânimo e solidariedade, amiga

Lídia Borges disse...


Ainda que a luta seja injusta e desigual, só através dela poderemos manter a dignidade e a determinação que, mais dia menos dia, darão seus frutos.

Ânimo!

Beijo meu

Mona Lisa disse...

Magnífico poema.

Um grito de revolta perante o sofrimento dos que amas!

Dias melhores virão!

A foto está magnífica.

Beijinhos.

Fê blue bird disse...

Querida amiga:

Ver quem amamos sofrendo, é a maior e mais profundas das dores.
No entanto ainda acredito no poder da bondade!


beijinho solidário