Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

terça-feira, 24 de junho de 2014

Não basta existir


Foto minha



Não quero 
voltar a sentir medo
aquele 
que me impede de sonhar
que me suga a capacidade
sempre 
que a esperança vira costas.

A esperança 
 sentimento profundo
que dá sentido à vida 

viver não basta existir
viver é muito mais.


10 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Deixar de ter medo
pode ser um desejo
ou uma decisão

normalmente o medo persegue
quem se amedronta

e, tens razão, viver é muito mais

Observador disse...

Muito bem, Adélia.

Beijinho e um sorriso :-)

✿ chica disse...

Sem dúvida, Adélia.Viver não é apenas existir, respirar;.É muiiiiiito mais! bjs, tudo de bom,chica

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Não basta, não, Adélia. Também é preciso viver
Beijinho e boa semana

ॐ Shirley ॐ disse...

Sim, Flor, viver "é muito mais".
Beijo!

luar perdido disse...

Sim minha querida viver é muito mas muito mais que apenas existir. Mas tu sabes viver! Tens sabido ao longo dos anos agora é simplesmente seguir a regra de ouro que tens seguido até aqui!
Medo....É como uma grilheta que tolhe os movimentos, mas como todas ela também tem uma chave...Sabes onde está a tua? Eu sei, no teu coração imenso e na tua alma linda.
Animo e força querida flor.
beijinho de luar

Fê blue bird disse...

Viver não pode ser só sofrer minha amiga.
Dizes bem, tem que ser muito mais!

A pequena árvore que tão bem fotografaste, tem o direito de crescer.
Haja esperança!

beijinho

Janita disse...

Nada mais certo, Flor!

Viver é muito mais do que existir somente!

Mas tu vives, amiga, porque amas és amada e desfrutas da liberdade de manifestares os teus sentimentos.
Tudo o que de belo te rodeia e fotografas, faz parte dessa vida! Aproveita, Adélia!

Beijinhos.

São disse...

Viver é, tens razão, muitissimo mais do que simplesmente existir.

Quanto ao medo, temos que respirar fundo e enxotá-lo para bem longe cada vez que se aproximar, porque se o deixamos invadir o nosso território torna-se tudo bem mais complicado.

Coragem e abraço fraterno, Adelinha

Majo disse...

~
~ ~ A esperança é a última a morrer!

~ ~ Podes reformulá-los, mas nunca
~ desistas dos teus sonhos, Adélia.

~ ~ ~ ~ A b r a ç o. ~ ~ ~ ~