Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

A dor da perda

Foto minha


André


Faz hoje seis anos que partiste
apenas com os teus seis mesinhos
e a dor da Avó continua
rasga-me o peito
sufoca-me
de tão intensa que é
este aperto
 que não me abandona
Talvez
por eu entender
que é contra a Natureza
a perda de um neto
ou filho.

É doloroso demais
perder alguém que amamos
é das piores dores humanas.

É difícil de suportar
a angústia que me abraça
quando recordo os teus olhos
o teu sorriso
os teus gestos
o teu palrar
aquela tua gargalhada
que na mente da Avó está gravada.

Os meus olhos
só conseguem ver-te
no reflexo das minhas lágrimas
a Avó nunca irá desistir de te amar
no meu coração continuarás presente
e lá ficarás
para todo o sempre.

(reeditado e alterado)

12 comentários:

Janita disse...

Um abraço amigo e solidário, querida Adélia.

Para a dor da perda nunca há palavras que bastem.

Janita

✿ chica disse...

Uma data que traz mais saudades ainda...Dor e saudades grandes!bjs,chica

Rogerio G. V. Pereira disse...

Solidário

Pedro Coimbra disse...

O que é natural é os filhos e os netos sobreviverem aos pais e avós.
Quando assim não acontece a dor acredito que seja brutal.
Beijinhos

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Ninguém gosta de perder e ainda menos perder para sempre.
Todos temos um pouco desta dor e desta saudade que muitos dias nos aperta o peito.
Olhemos o céu de estrelas e pensemos:
-São eles que estão lá a olhar por nós.

luar perdido disse...

Data marcada a fogo no teu coração, mas que o teu pequenino André, de onde está, te lança o seu sorriso, o seu palrar e faz brilhar no céu uma estrelinha que te olha para todo o sempre.
Beijinho doce e meigo no teu coração minha querida

Maria disse...

Tocaste-me muito fundo, pelos teus motivos e pelos meus que guardo há muito tempo, tempo demais...talvez um dia partilhe e isso me faça bem...por muito tempo que passe há coisas que nunca compreenderemos e seres que nunca deixaremos de amar por viverem para sempre no nosso coração.
Beijinhos enormes e todo o meu carinho
Maria

lino disse...

Um beijinho solidário.

Fê blue bird disse...

Minha querida amiga.

Um abraço muito apertado e comovido porque as palavras não são suficientes para exprimir o quanto lamento a vossa perda.

beijinho grande

Majo disse...

~
~ ~ O que eu lamento por ti, querida Adélia!

~ ~ De todas as perdas que tiveste, esta deve
~ ter sido especialmente triste...

~ ~ Mas temos que nos conformar.

~ ~ Grande e sentido abraço. ~ ~

~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~

AFRODITE disse...


A passagem do tempo ajuda a mitigar a dor... mas não a tira de vez do nosso coração.
O teu anjinho vai-te dar sempre força e nunca será esquecido.


Um abraço apertadinho ♥

Rosa dos Ventos disse...

Abraço solidário de quem também perdeu um André!