Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Esforço

Foto minha


Esforço em vão
porque não consigo entender
este mundo que me provoca
tamanha dor.

Como traduzir por palavras
a dor que dilacera o meu coração.



22 comentários:

✿ chica disse...

Foto linda e palavras carregadas de intensa dor! beijos praianos, fica bem!chica

Cidália Ferreira disse...

Muito complicado... sinto o mesmo.Muita força.

Beijo
Bom fim de semana

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Majo disse...

~ Que venham melhores dias para ti, amorosa Adélia.

~ ~ Um fim de semana caloroso. ~ ~

~ ~ ~ ~ Beijinho. ~ ~ ~ ~

Lídia disse...

VOLTO SEMPRE COM A ESPERANÇA DE ENCONTRAR MAIS ALEGRIA, MAS ACREDITO QUE A TRISTEZA PASSOU A TUA PELE!!!
1 BEIJINHO MINHA QUERIDA

LÍDIA

Rui Espírito Santo disse...

Beijinho, Adélia ! Tu és uma Mulher fantástica que eu admiro e estimo muito !!!
.

lino disse...

Beijinho, amiga!

Janita disse...

Que maravilha de foto para tão triste desabafo, minha Amiga!

É certo que vivemos num mundo cão, mas tens tanta gente que te ama e estima, Adélia!

Aqui estás estre amigos e aí fora tens família que te adora.
Não tentes entender o mundo!... Ele está virado de pernas para ar! :(

Essa nora ainda está a funcionar?

Um dia venho cá roubar-te uma foto, mas digo-te e a todos os que me forem ler...:))

Beijinhos, minha querida! Levanta a cabeça e ergue o olhar para o Céu! :)

Janita

Observador disse...

O que se passa aqui?
Força, amiga!
Beijinho

Jorge disse...

A dor ajuda-nos a sobreviver.
Um abraço,
J

Lilá(s) disse...

Querida amiga, apenas nos resta esperar que melhores dias venham, e eles virão...
Bjs

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Imagem muito bonita de uma realidade na nossa cidade.
A nora roda sempre desde que haja corrente de água no rio.
Nós ao contrário queremos fugir das correntes que nos arrastam sem entendermos nem querermos

Fê blue bird disse...

Minha querida amiga, a tua linda foto contrasta com o que te vai na alma.
A amizade e o amor que te rodeia têm que te ajudar a superar essa dor.
Tem muita coragem minha amiga, estamos aqui contigo!

beijinhos

São disse...

Sinto.me perdida e aflita como tu, minha amiga ...

Tenhamos força e lutemos , sempre, contra a crueldade instalada!

Beijinhos e abraços, Adelinha

luar perdido disse...

É complicado demais minha querida. Este mundo, esta vida, por vezes têm teias que não conseguimos entender. Mas sabes...Tu tens uma força ao teu lado que te faz forte, olha para ela, agarra-a com as duas mãos e jamais te esqueças do muito que ela te dá; O amor dos teus e a amizades destes que te seguem, e que mesmo de longe estão de mãos dadas contigo...Quanto ao mundo...Não há como entende-lo, deixa-o...Vive os teus dias a um e um, com essa garra de que és feita, tu és uma mulher lutador e acima de tudo VENCEDORA.
Um beijo sem tamanho no teu coração..Adélia minha querida, deixa que rosas floresçam nele e não os espinhos...
Animo minha doce amiga.

luisa disse...

Sim, é difícil entender este mundo em que vivemos mas não nos podemos deixar abater. Por muito horror que vejamos, também há beleza para apreciar. Como essa foto com uma perspetiva tão interessante. :)

Graça Sampaio disse...

De facto, Adélia, está tudo de pernas para o ar! Mas como a bela nora da foto, os alcatruzes ora estão em baixo, ora sobem no ar...

Não percamos a esperança!
Beijinho

Pedro Coimbra disse...

Que essa ansiedade e dor, que parecem não ter fim, desapareçam depressa, Adélia.
Beijinhos, votos de boa semana

AC disse...

Adélia,
O mundo parece andar em constantes bolandas, mas também tem coisas de apreciar. Como o objecto da sua foto, por exemplo, como tantas outras pequenas coisas...

Uma boa semana!

redonda disse...

Eu resolvi adiar para um depois e ter esperança que um dia se possa perceber qual é o sentido.
um beijinho
Gábi

Nidja Andrade disse...

Angústia é uma doênça silenciosa... Beijos

Carmem Grinheiro disse...

Boa noite Adélia,
o esforço é sempre válido, mesmo que infrutífero, pois que sem ele, é que nada caminhará até nós.
É esse esforço o propulsor de nossa vida.
Desistir, mesmo que o desespero e o cansaço nos tente, não é permitido, jamais.
bj

Lia Noronha disse...

lindo de viver!!! Adorei Td por aqui.