Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Viver não basta


Foto minha




Não quero 
continuar a sentir medo
aquele que me impede de sonhar
e me suga a capacidade
sempre que a esperança vira costas.

Esperança 
 aquele sentimento profundo
que dá sentido à vida 

viver não basta existir
viver é muito mais.


(Reeditado)

15 comentários:

Catarina disse...

Viver é existir com dor e sofrimento, com pequenas e grandes alegrias momentâneas... Que a esperança se encontre sempre presente.

Cidália Ferreira disse...

Um pequeno poema muito tocante! Amei

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

redonda disse...

Já senti esse medo e não gostei nada.
um beijinho
Gábi

✿ chica disse...

Lindo e viver é bem mais mesmo!! Linda foto! bjs, chica

Janita disse...

Não sintas medo, Adélia. Tens alicerces que te apoiam e força para viver com coragem.
Como escreveu João de Deus:

"A vida é o dia de hoje,
A vida é ai que mal soa,
A vida é sombra que foge,
A vida é nuvem que voa.

A vida é sonho tão leve
Que se desfaz como a neve
E como o fumo se esvai:
A vida dura um momento,
Mais leve que o pensamento,
A vida leva-a o vento,
A vida é folha que cai!"

Pensando em quão breve a vida pode ser temos que a viver intensamente e valorizar as pequenas alegrias.

Um beijinho muito amigo.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Rega o arbusto
e ele se erguerá
robusto
mais logo será árvore
forte
Ele é como a vida
não lhe basta existir

lis disse...

Gosto disso Flor
_ e ter esperanças é necessário caso contrário o existir faz medo.
um abraço

Pedro Coimbra disse...

Existir é sobreviver.
Viver, na plenitude do termo, é bem mais que isso, efectivamente.
Beijinhos

luís rodrigues coelho Coelho disse...

A esperança é uma estrela que nunca devemos deixar morrer.

oteudoceolhar disse...

...minha Flor Obrigada!
Ficou a resposta do outro lado ...
*
Pelo medo parei, pela incerteza parei ... por tanta coisa por vezes quero que as pernas parem e não caminhe, não veja, olhe, respire ...
São dias e momentos que nos escapam e tomam conta de nós ...
Mas atrás de um dia outro vem ...
E ... O Sol brilha!!

Beijo n´oteudoceolhar ...

São disse...

Assino por baixo!

Abraço amigo e solidário, querida

Lídia disse...

POIS É MINHA QUERIDA ADÉLIA

POSSIVELMENTE ESTAVAS TÃO SÓ QUANDO ESCREVES-TE O TEU ASSERTIVO POEMA, COMO O TEU PINHEIRINHO SÓOOOOOOOOOO.

TENS DE CONTRARIAR ESSE ESTADO DE ALMA NEGATIVO, NÃO É BOM PARA A TUA VIDA NEM PARA NINGUÉM.

1 BEIJINHO MINHA AMIGA
AGRADECENDO A TUA VISITA

LÍDIA

Teté disse...

Pois não chega, também é preciso saber viver! :)

Beijocas

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Também tenho medo Adélia, mas sigo o lema da Teté. Enquanto dura há que saber aproveitar ao máximo.
Beijinhos

luisa disse...

Há que agarrar bem cada dia e celebrar sempre a vida. :)