Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Permanece o peso


Foto minha





Quando a dor é forte
onde permanece o peso 
da ausência das cores 
que estiveram presentes em mim
é difícil ver o sol
quando impera a escuridão.




10 comentários:

✿ chica disse...

Mas o sol há de reaparecer! Linda foto! bjs, chica e tuuuuuudo de bom!

Rogerio G. V. Pereira disse...

Essa árvore
também triste
sorriu-te

ela sabe
que amanhã o sol é uma certeza

Janita disse...

A foto é muito bonita, apesar do efeito tétrico que nos faz sentir.
O poema está de acordo com a imagem.
Talvez, amanhã, o Sol trespasse por entre outra árvore e o teu sentimento seja mais leve e mais luminoso, amiga Adélia.

Beijinho

Cidália Ferreira disse...

Curto mas profundo!

Beijo de boa noite

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Catarina disse...

O sol vai surgir no horizonte... vais ver. E vai aquecer-te.
Bjos

Pedro Coimbra disse...

Há que procurar a luz, Adélia.
Com força, sem desânimo.
Beijinhos, bfds

Manu disse...

A foto está linda!
Amanhã o sol brilhará e o seu brilho te trará muita força e enegia.
Bom fim de semana.

Beijos Adélia

Fê blue bird disse...

Querida amiga, o sol há-de surgir, noutra foto, noutro dia.
Não desanimes!

Um beijinho

ONG ALERTA disse...

Verdade mas sempre haverá outro dia...
Bjbj Lisette

redonda disse...

Grande fotografia e grande poema, ligam bem os dois, e na fotografia há luz...
um beijinho e uma boa semana
Gábi