Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

A cada dia

Foto minha



Chove-me no olhar
quando a tristeza transborda

a dor sufoca pelo sofrimento 
que parece se renovar a cada dia.




13 comentários:

AFRODITE disse...


Um beijo Amiga!
Limpa esse pingos de chuva que o sol pede para brilhar.

Gostei da tua foto
:*

Rogerio G. V. Pereira disse...

A tristeza é um sentimento
não um estado

e nada garante que permaneça

Pedro Coimbra disse...

Essa dor teima em não desaparecer.
Beijinhos, bfds

Teté disse...

Com um laguinho tão simpático a teus pés, podias sempre largar a tristeza e caminhar nessa água tão límpida... :)

Beijocas

Cidália Ferreira disse...

Estado de uma alma dorida

Beijinhos, bom fim de semana

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Agulheta disse...

Olá amiga Adelia.Hoje por aqui e porque gosto bastante,tenho que largar algumas pessoas de vez em quando do outro lado.Tem dores que nada apaga,para uns sim,se calhar falta de sensibilidade a mesma.
Beijinhos e bom fim de semana

Observador disse...

Também se sorri com o olhar, amiga.
Beijinho, bom fim de semana.

JU disse...

Tão linda essa tua foto, Adélia. Nem sabes como gostava de te ver alegre! Mas está difícil. Lá tens as tuas razões e eu respeito. Um bom fim de semana e um beijinho grande.
Sou a Ju que já conheces há muito. Só que agora tenho uma "cabaninha" nova.

Maria Rodrigues disse...

Quanta nostálgia minha amiga...
Há alturas da vida em que a tristeza parece que nos invade completamente ... vamos esperar que novos ventos tragam momentos de paz e harmonia.
Adorei a fotografia.
Beijinhos
Maria

luisa disse...

Há que sacudir a tristeza, atirá-la para longe.
Olhando para a foto, apetece molhar o pé... :)

Graça Sampaio disse...

Gosto especialmente da imagem «chove-me no olhar / quando a tristeza transborda» - só não gosto de saber-te triste, minha querida!

Beijinhos

luar perdido disse...

Esta foto está linda!
Mas tal como essas algas baloiçam com as marés assim também temos muitas vezes que deixar as nossas dores e tormentos ir e vir com a maré.
Por vezes a melhor solução é não forçar muito a corrente... Tendo a certeza que em breve ela vai mudar e nos vai ser favorável de novo...

Tem coragem doce amiga, muita força e animo.
Beijo no teu coração

redonda disse...

Espero que o bom tempo ajude.
um beijinho