Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Sensação de impotência


Foto minha





É enorme e amarga 
a sensação de impotência
e um medo inexplicável se instalou
alimentado pela angústia 
que estou sentindo no momento 
em que olho este jardim.

22-08-2016



Este é o jardim do hospital dos Covões em Coimbra, escrevi num momento 
que acompanhava alguém que luta desesperadamente pela vida.

Penso que devo esta explicação a quem passa por aqui.

14 comentários:

papoila disse...

Foge!
Afasta-te dos sítios e das pessoas que te fazem sentir mal...
Beijinhos e espero que já estejas mais tranquila.
bjs

Pedro Coimbra disse...

Onde é que eu assino o comentário da papoila?
Beijinhos

Cidália Ferreira disse...

devemos afastar-nos do que nos faz mal. Lindo texto

Beijos e um dia feliz

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Catarina disse...

Um jardim que te faz recordar momentos de angústia.
Rodeia-te de lugares que te tragam paz e harmonia. E de pessoas otimistas e bem dispostas.

Teté disse...

A sensação de impotência é comum todos, perante a doença, a vida e a morte... Que tudo se resolva pelo melhor!

Abraço

Graça Sampaio disse...

Não sei o que se possa dizer num momento destes, minha querida Flor. Força para esperar com muita determinação que tudo se resolve pelo melhor!!

Beijinhos solidários.

Manu disse...

Um momento de angústia que espero tenhas conseguido ultrapassar.
Nenhum mal é eterno!

Beijinhos Adélia

Rogerio G. V. Pereira disse...

Abraço, sentido

AFRODITE disse...

Um beijo no teu coração ♥

São disse...

Minha querida, que a beleza desse jardim te possa proporcionar calma ...

Abraço solidário para essa pessoa e muitos beijos para ti, Adelinha

Ricardo Santos disse...

Adélia embora nos custe, o caminho é em frente. Fica bem !
Abraço

luisa disse...

A beleza do jardim e a dureza de uma vida em risco. Contradições que mexem com o sentimento de qualquer um.
Força.

luar perdido disse...

Minha querida,possa a beleza do jardim lembrar-te que por muita luta que exista (e eu sei que existe!!), por muita dor e apreensão que te assole a alma, há sempre um sol. Há sempre um raio de luz, há sempre um novo dia. Uma bonança depois da tempestade.
Mesmo que a tempestade pareça não ter fim, não te esqueças que tudo acaba; Dor, sofrimento, maus momentos. Tudo é finito, apenas o amor é intemporal e infinito. Força.
Beijo com muito carinho no teu coração (as melhoras)

redonda disse...

Espero que esse alguém consiga ganhar esta luta.
um beijinho grande