Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Percalços


Foto minha



Quero tanto
não me deixar intimidar
perante as inquietações
que me entristecem
neste palco de sofrimento.

Quero acreditar
que por trás da cortina
exista uma  lição  de vida
na qual 
eu possa empenhar-me nas aulas 
mesmo sabendo que os percalços
não deixarão de existir.



9 comentários:

luisa disse...

Quem não sofre percalços? Força para ultrapassá-los!
Gosto da foto. :)

Janita disse...

Claro que os percalços ou contrariedades fazem parte da vida de todos nós, Adélia.
Com esse belo tapete de folhas outonais, acho que tens o caminho bastante macio e facilitado.
A vida é um palco onde o cenário muda conforme a peça, cabe ao actor saber desempenhar todas as personagens que lhe sejam destinadas...

Gostei muito da foto. Beijinhos, Adélia.

Pedro Coimbra disse...

Quando voltar de férias quero ver melhor disposição.
Desejo-lhe, a si e família, um Santo Natal e um Maravilhoso 2017.
Beijinhos

Rui Espírito Santo disse...

Costuma dizer-se que "Querer é poder" !
Não te deixes intimidar e acredita, que se te empenhares noutros pensamentos, as coisas terão uma outra visão, mesmo que os percalços continuem a existir !

Beijos querida amiga ! :)

Observador disse...

Os percalços existem para pôr à prova a nossa capacidade.
Nada acontece por acaso.
Feliz Natal, Amiga.
Beijinho

Teté disse...

Esse tapete castanho dourado é uma imagem fantasticamente outonal... :)

Beijocas

papoila disse...

Gosto muito da foto.
Desejo-te melhores dias...
Beijinhos

Graça Sampaio disse...

Percalços acontecem; estão sempre a acontecer. Há que ter a força interior necessária para os enfrentar. (o que não é fácil, bem sei...)

Beijinhos

redonda disse...

Gostei muito do Outono na fotografia e da esperança, do querer acreditar no poema
um beijinho