Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Ouço, vejo e leio






Tento compreender, mas não consigo
está para lá da minha capacidade
de estômago embrulhado
travo uma luta com o meu interior
mas não encontro palavras para exprimir o meu sentir
remeto-me ao silêncio com dor no coração
de um luto vivido por muitos de nós  




10 comentários:

Rui disse...

Estamos todo solidários com o teu luto, Adélia !
E em respeito pelas vítimas, o melhor é não tecermos outras considerações !

Beijo enlutado.

Graça Sampaio disse...

Estamos todos a sentir o mesmo, querida Adélia!

Beijinho.

papoila disse...

Ninguém está indiferente...
Um beijo Adélia

Janita disse...

Adélia, em silêncio.
Um beijinho.

Fica bem.

✿ chica disse...

Luto bem compreensível. Tristeza! bjs, chica

Pedro Coimbra disse...

Uma revolta imensa que todos sentimos, Adélia.
Beijinhos, boa semana

redonda disse...

É tão terrível o que sucedeu.


hoje vou deixar um abraço bem apertado

luar perdido disse...

É impossível ter palavras, sentimentos ou forças. O que nos invade a alma e o coração são mesmo a incompreensão, a incredulidade e uma dor profunda por vidas arrancadas sem explicação.
Entre a revolta, o luto, o desalento e a vontade de estender a mão e dizer "estou aqui - usa."
Somos um país vestido de negro, com um véu de cinzas e sapatos de dor e mágoa.
Não, não há palavras que traduzam... É triste e mau demais!


beijo de luar

Ricardo Santos disse...

Um Abraço de Solidariedade para ti Adélia !!!

Catarina disse...

Um abraco forte, Adelia!