Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

O meu sentir

Foto minha



No sentimento da entrega
recolho-me na doçura do silencio
oiço a voz do meu coração
quando não existe significado 
no que sou, ou no que faço.

É no aconchego deste silencio
que me encontro
quando me perco de mim mesma
mas que necessito de mim 
e recuperar das quedas
estancar ferimentos
e assim viverei no silencio
como o canto mudo dos pássaros
no inverno.





16 comentários:

Catarina disse...

O silêncio por vezes é salutar.
Bjos, Flor

Rui disse...

Esse teu sentimento de entrega, sobejamente reconhecido por todos tem um significado extremamente relevante !
Por muito que te queiras remeter ao silêncio, o teu coração “fala mais alto” que o que possas imaginar !
Podes até sentir-te perdida por ti própria, mas tens todos os outros contigo, querida amiga !
E toma consciência que, embora todos os teus precisem de ti, mais ainda que eles, és tu que precisas de ti própria .

Um Grande e forte Abraço

AFRODITE disse...

E em silêncio... passo e deixo-te um beijo e um forte abraço!
💙

✿ chica disse...

Profundo e lindo! bjs praianos,chica

Pedro Coimbra disse...

O silêncio, o estar só connosco, é muito salutar e faz muito bem ao nosso equilíbrio pessoal.
Beijinhos

luar perdido disse...

É tantas vezes no silencio, que nos veste a pele, que encontramos a força para sarar as feridas, olhar um pouco mais além, levantar de cada queda; sacudir a poeira, agarrar o nosso bordão e seguir. A vida não nos permite sentar na beira da estrada. Querida Adélia, agarra o silencio onde deixo um beijo carregado de carinho, força e amizade.

Beijinhos minha doce "flor".

Janita disse...

A foto inspira desejo de recolhimento, dentro de nós mesmos, à reflexão e ao silêncio.

Um beijinho e um abraço apertado, querida Adélia.

papoila disse...

Um grande abraço, não tenho sabedoria para fazer poemas...
Fica bem, Adélia.bjs

luna luna disse...

mas a primavera também chega com o chilrear dos pássaros

Maria Rodrigues disse...

O silêncio pode ser reconfortante ou avassalador dependendo das circunstâncias.
Minha amiga desejo que tudo esteja ok consigo e com a sua família.
Bom domingo
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco


A Casa Madeira disse...

É no silêncio que se escuta...
Lindo.
Janicce.

AC disse...

Não renuncies, Adélia. Por mais que a vida nos bata, há sempre algo que nos pode tocar, algo que nos provoque o sorriso, por mais breve.

Um beijinho :)

luisa disse...

Um poema triste mas muito bonito, Adélia.

Fá menor disse...

O silêncio. Esse recolhimento que nos permite encontrar-nos num pouco de paz.

Bjinhos

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga passei para lhe desejar um excelente fim de semana
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

redonda disse...

Gostei muito deste poema, li-o duas vezes e achei-o depois ainda mais belo que a imagem.
um beijinho