Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Ofereci Poemas

"Sorrisos, postais,
Pétalas, lágrimas
Ofereci o coração
O meu tempo
Ao tempo da felicidade

Ofereceram-me a vida
A vida aceitou-me
Como presente
Um sorriso
Um olhar, um gesto
Que aceito
Dependendo
Da minha sensibilidade"

9 comentários:

Pratos da Bela disse...

Amei,
Muito lindo mesmo
Jinhos fofos

Tuquinha disse...

è sempre tão bom ler as tuas lindas e comoventes palavras.Nem preciso te dizer que goste, dabes disso não sabes?
Beijocas

Tuquinha disse...

só erros aqui a menina........
"gosto" e "sabes"
beijos e desculpa

Bella disse...

Mais um bonito poema, como todos o que a menina escreve:) Amei.
Bjoquinhas

José María Souza Costa disse...

O Retrato do Abstrato, é que prende as fantasias da Alma
Passei aqui lendo o que tem pra ler. E observando o que tem para observar. E Exaltando o que tem de ser Exaltado. Estou lhe desejando um Tempo de Harmonia e de muita Inspiração. Entendo ter um blogue Agradavel, muito bom e Interessante. Eu, também tenho um. Muito Simplório por sinal. E estou lhe Convidando a Visitá-lo e, mais. Se possivel Seguirmos juntos por eles. Estarei Muito Grato esperando por Você lá.
Abraços de verdade e, fique com DEUS

Manuela disse...

Querida Adélia, eu gosto destas tuas ofertas em forma de poema. Fazem bem à nossa alma!
Beijinhos :)

Rogério Pereira disse...

Dou-lhe um sorriso
e mais
Dou-lhe o que for preciso
Fico com os meus ais

E dou-lhe um beijo também

JB disse...

E quando nos oferecem as coisas mais simples e mais belas, a vida ganha outro sabor! E esse sabor está bem presente no seu poema!

Beijinho

alma de pássaro disse...

Se recolheres um cão vadio em tua casa e o tratares bem,ele não te morderá.
Eis a diferença entre os cães e as pessoas...
A ti mamã dou-te o meu eterno amor,já que não posso devolver a alegria aos teus olhos...
Amo-te muito