Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Para tudo existe sempre uma 1ª vez

E o desemprego não foge à regra...hoje foi o meu 1º dia de desemprego ao fim de 40 anos de trabalho, comecei a trabalhar numa fábrica com apenas 13 anitos, onde trabalhei durante 16 anos, depois fui para um escritório de contabilidade onde estive 25, ou seja, até agora. Era funcionária única, mas os subsídios e o salário começaram a faltar à muito tempo, fui suportando, mas a situação tornou-se insustentável, hoje com 54 anos vi-me obrigada a vir embora sem qualquer indemnização e deixar lá o que está em atraso. Estou  a passar por uma daquelas partidas da vida para a qual não estou preparada. Mas como rios mudam, também nós estamos sujeitos a mudanças. Resta-me ter capacidade para consegui digerir esta mudança radical na minha vida sem me deixar ir abaixo, o que não está sendo nada fácil.

21 comentários:

AC disse...

Verdes são os campos deste país, mas negros são os tempos que se vivem...

Beijo :)

Luís Coelho disse...

Há sempre uma primeira vez só que algumas são demasiado graves e afectam-nos em todos os campos.
Desejo que consiga superar mais esta prova e que entretanto surja uma nova oportunidade.
Resta-nos procurar e acreditar que tal pode acontecer

oteudoceolhar disse...

Minha Flor de Jasmim ...
Não posso dizer muito ... sou um bocado mais nova, estou há 11 anos na mesma empresa (comunicações), e só rezo para continuar a ser lider durante muito tempo, visto que tenho a vida tb pela frente e um petit para educar, enfim. Situação parecida passei quando era gerente de um supermercado, o mesmo faliu em vespera de natal. AMAVA o que fazia, e com a maior das dedicações. Enfim...doi muito algo que achamos ser tão nosso ir por água abaixo MTA FORÇA MUITAAAA. Deixo um beijo n´oteudoceolhar *

Rogério Pereira disse...

Frequentemente tenho os mais de 700.000 casos de desemprego na cabeça. Não o número, mas os rostos e os drams. Lamento sinceramente e não só desejo que encontre forças para enfrentar a situação como também que ela se resolva...

Abraço solidário

Bella disse...

Lamento muito minha amiga, passei por isso há uns anos atrás e sei que não é fácil. Espero que tudo se resolva da melhor forma.
Obrigada pelo email, claro que já tinha recebido em tempos outro mail teu, mas eu e esta minha cabeça despistada... não dá para mais, desculpa.
Tens um convite no Facebook;)
Bjoquinhas e tudo de bom

MARIINHA disse...

Realmente amiga, deve ser difícil. Agora tens de tentar receber o que te pertence e principalmente arranjar alguma forma de estar ocupada, fazer qualquer coisa, que te obrigue a sair de casa. Vais conseguir dar a volta, mas tens de ter força de vontade.

Bjks

✿ chica disse...

Deve ser muito estranho após tanto tempo, de repente parar assim...


Mas hás de te acostumar ou surgirá algo que gostes e te faça bem..

Isso passa e as coisas se ajeitam!

Fica bem, beijos,chica

Agulheta disse...

Querida amiga! Se realmente fosse só tu,era um milagre neste e noutros países que estão na mesma situação,nós sentimos a dobrar por falta de infraestruturas que não se fizeram na hora certa.Temos que ser fortes e tentar sempre,noutros tempos passei por isso e deu a volta a situação,tenho a certeza que vais ter força para o conseguir,apesar de vir tempos escuros para todos.
Beijinho e tudo de bom desejo

Sonhadora disse...

Minha querida

Realmente é muito complicado, ficar-se sem emprego numa fase da vida onde deveriamos já ter sossego,mas tu és uma pessoa cheia de força, pelo que tenho lido de ti, e vais superar...e estou aqui no blogue ao lado.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Catarina disse...

Repousa uns dias. Depois com a “cabecinha mais fria”, começas a procurar outro e vais ver que será bem sucedida. Não desanimes. Abraço amigo.

Pedro Coimbra disse...

Adélia,
A seguir a uma dia, vem um dia.
E outro dia virá.
Coragem e esperança neste momento particularmente complicado.
Bjs

Manuela disse...

Querida flor, agora é aproveitar o tempo disonível, da melhor forma possível!
Coloca as leituras em dia e trata do teu lindo jardim. Aprende a colocar aqui as fotos, olha que tu prometeste!!
Aproveita muito e nada de "depres", amiga :)

Rosa dos Ventos disse...

Está a bater à porta de muita gente e numa idade em que já não é fácil voltar ao mercado de trabalho, sendo ainda novos para a reforma!
Lamento muito, amiga!
Força para ti e para os que te rodeiam!

QAbraço

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!

Uma mudança é sempre difícil...ainda mais quando não é programada...
Mas vai dar tudo certo! Já passaste por tantas coisas e ainda está firme e forte!!Vencerá mais está batalha!
Logo acharás uma atividade que gostes e pronto!
Beijos minha amiga!
Força e coragem tu tens!

Suzete disse...

Pois é amiga há sempre uma primeira vez para tudo. A vida é feita de mudanças, umas boas outras nem por isso. Vais ver que tudo vai melhorar e o descanso também vai fazer-te bem.
Acredita que o amanhã será melhor. Beijo grande

Maria disse...

Querida amiga é uma situação triste e lamentável, que infelizmente alastra por todo o lado, mas é uma mudança e por vezes as mudanças trazem novos rumos, novas oportunidades, novos caminhos. O importante é não desanimar e ter um objectivo por que lutar.
Desejo do coração que tudo se resolva como desejar.
Um grande beijinho para si e para as suas filhotas.
Maria

claudiaymarques disse...

Flor de Jasmim percebi que você ficou triste. Não deve ser fácil depois de tanto tempo num emprego só,mas Deus vai te dar conforto e novas oportunidades surgiram...
beijos...fique na paz

Lilá(s) disse...

Estamos aqui para ajudar no que for possivél, a vida prega-nos partidas terrivéis...desejo que consiga superar mais esta prova um beijinho grande a animo.
Bjs

ariel disse...

Minha querida Flor, tenho muita muita pena que estejas a passar por este mau momento. Sei o que isso é, e são momentos muito difíceis. Mas com certeza que encontrarás forças para junto dos teus ultrapassares a situação, embora os tempos não estejam fáceis.

Grande beijo solidário

Pratos da Bela disse...

Para tudo há uma 1ª vez, mas não acredito que te vás abaixo com uma treta destas, pois já passaste por bem pior e tens tido forças.
Aguenta Querida,eu sei que consegues.
Jnihos fofos

carol disse...

Vim aqui pela primeira vez hoje, descaradamente, sem qualquer convite porque senti o cheiro e o apelo das suas flores. Lindas flores, diga-se. Especialmente as rosas que são as minhas flores de eleição. E, mais atrevida ainda, pus-me a ler por aí abaixo até tropeçar neste texto. Triste. Lamento muito. Infelizmente há milhares de situações como a sua, Mas a nossa é sempre especial porque é nossa; é a nós que nos doi. Eu sei o que isso é. Cá em casa, esse fantasma entrou há muitos anos, tinha o meu marido 50 e tal anos. E depois, foi um problema.

Mas corações ao alto! Há coisas piores!

Boa sorte.