Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Dia dos Avós

Para os meus netos

Quando tiverem uma lágrima de tristeza
partem-a ao meio
dêem-me metade e eu chorarei convosco
Eu quando tiver um sorriso
dou-vos inteiro para vos ver felizes.

Nem mil palavras
diriam o que o meu coração
sente por vocês
mas uma resume tudo
Amo-vos


Feliz dia para todos os avós

31 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Parabéns pelo dia dos avós. Muito lindo o poema, beijos.

MARIINHA disse...

Lindo, nestas palavras está o que na realidade somos enquanto
avós. Sofreríamos por eles se fosse possível. Vê-los a rir é um bálsamo.

Beijos para ti minha amiga neste dia que nos é dedicado.

O.S.

Rosa dos Ventos disse...

Estou na lista este ano, pela 1ª vez!

Abraço

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!

É dia dos avós por ai?!!Felicidades querida!!Que seja um dia de muito amor e carinho!!
Beijos pra ti!!

Manuela disse...

Querida Flor, tão lindo este teu poema! Adorei :)
Parabéns avó, pelo teu dia!

Everson Russo disse...

Parabéns pelo dia dos avós,,,que na verdades são pais por duas vezes,,,isso é muito mais amor do que se possa imaginar,,,grande beijo de bom dia pra ti amiga querida..

luar perdido disse...

Que os netos tenham apenas os risos dos avós na vida para não teremn que dividir as lágrimas e sofrerem. Como é quase impossivel que assim seja, desejo apenas que sejam muitos mais os sorrisos que lhes dás que as lágrimas que recebes.
Lindo o dia dos avós nestes frases sentidas.

bejio de luar

AC disse...

Há muito açúcar no amor dos avós. E os netos derretem-se nele...

Beijo :)

Mariz disse...

É dia dos avós?...Parabéns e q seu dia seja perfeito!

beijos!

claudiaymarques disse...

Adélia que fofo suas palvras no dia da Vó.....que vovó coruja!!! muito lindo..........sabe minah mãe também é assim como você!! agora nas ferias ela ficou com 4 netos meninos adolecentes na casa dela e fazia de tudo..e nem reclamava!!!...acostumou tão mau os meninos que agora eles estão aqui de volta e eu nem sei oque fazer!! ficaram mimados..rss
muitos beijos...muitos flores para você
titi

sonho disse...

Parabéns para todos os avós deste mundo...
Beijo d'anjo

Antônio Lídio Gomes disse...

Flor de Jasmim, com certeza essa alegria e esse amor para com teus netos é sentida por quem lê esse poema.
Acredito eu que ser avó ou avô, é como ser mãe e pai duas vezes.
Deixo para ti e para eles um fraterno abraço e um beijo.

Bella disse...

Um grande beijinho para a avó e para a mulher que escreve tão belas palavras:)

Lacorrilha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tecas disse...

Querida Adélia, sou uma avó emprestada( o amar nem sempre vem do sangue), por isso agradeço e felicito-a por este maravilhoso poema. Adorei e parabéns.
Bjito em seu coração e mais uma vez obrigada pela mensagem de carinho deixada no meu blog no dia do amigo.Desculpe não ter respondido antes. Tenho andado adoentada.Bjito e uma flor.

lino disse...

Ainda não sou avô :(
Beijinho

Sonhadora disse...

Minha querida

Eu ainda não sou avó, mas estou desejando, só que os meus filhos dizem-me que por enquanto "só os gatos".
Deixo-te então o meu beijinho especial por este dia, que deve ser maravilhoso.

Rosa

Mar Arável disse...

Sei do que fala
estimada amiga

Lilá(s) disse...

Parabéns pelo lindo o poema e pelo dia dos avós.
Bjs

carol disse...

Que sorte têm os seus netos por a terem por avó!...

Beijinhos, Vóvó!

alma de pássaro disse...

Mamã,adorei o poema.
Só mesmo tu para escreveres coisas tão bonitas para os nossos meninos....
Mesmo sabendo na perfeição o grande amor que nutres por eles,adorei ler o teu poema.
Beijinhos e Feliz Dia dos Avós(de novo!)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Neste dia fico sempre com uma dúvida. Não sou avô, as sou tio avô ( aliás, até bisavô) também devo comemorar?

✿ chica disse...

Lindo isso!

beijos,tudo de bom, e parabéns pra ti,chica

Pedro Coimbra disse...

É mesmo ser mãe (pai) duas vezes, Adélia?
Só sei que o meu avô materno foi o gajo mais porreiro que conheci na vida.
Era guarda-freios do 7 do Tovim e era um pândego.
Se forem a Coimbra, ao Centro Comercial Fórum, no último andar, no tecto, está uma fotografia dele, ampliada.
Ele e o colega, fotografados pelo Formidável (aquele fotógrafo que aparece a consolar o Eusébio quando ele está a chorar agarrado à camisola no Mundial de 66).
Tremi quando vi a fotografia pela primeira vez.
Mesmo sabendo antecipadamente que estava lá.
Abraço

Gláu.. disse...

Muito bom seu blog!!
Estou seguindo ..
da uma passadinha no meu
espero que goste

http://angelmartinss.blogspot.com

ate+

Sandra disse...

Que lindo!
tenho tantas saudades da minha avó materna ( a única que conheci).
Por vezes sinto ainda o cheirinho dos seus lençóis, a carícia das mãos. Que saudades....
Beijinho

Vivian disse...

Bom dia,Adélia!!

Deixo meu beijo e meu carinho minha amiga!!!
beijos!!

Everson Russo disse...

Um dia repleto de paz e poesia pra ti minha amiga,,,beijos e beijos.

Luna Sanchez disse...

Fiquei arrepiada com tanto amor derramado...coisa mais linda!

Um beijo.

Luís Coelho disse...

Quem são esses famosos que tem uma avó assim dedicada...??

I
Muito bonita esta imagem de repartir as tristezas e a alegrias.
O saber viver com eles é tudo quanto amam.

Maria disse...

Querida amiga que mensagem maravilhosa para os seus netinhos.
Beijinhos
Maria