Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

A minha prainha

Foto minha



Esta
é a minha prainha
Este
o meu mar
hoje estavamos sós
Aqui curto a solidão
Aqui escrevo
Aqui deixo
pedacinhos da minha alma
Falar do mar
é como mergulhar em suas águas
onde se perdem tantos sonhos
São tantas as perguntas
que coloco em suas ondas
que timidamente
se afastam sem me darem resposta.

25 comentários:

✿ chica disse...

Lindas tuas palavras e lindo teu mar!Também tenho uma relação maravilhosa com ele. beijos,linda semana,chica

Audrey Andrade disse...

E esse amar que traz tanta beleza! Este amar que nos ensina amar...

Linda foto! Meu carinho e o desejo de uma linda semana!

Rosa dos Ventos disse...

Mas há um farol ao longe para te guiar!

Abraço

Catarina disse...

Uma praia so para ti hoje! : )

AC disse...

Adélia,
O mar lava-nos a alma.

Beijo :)

Graça Sampaio disse...

E hoje o mar estava mesmo tímido... (Praia Velha, não é?)

Beijinhos com cheiro a maresia.

JP disse...

A praia é sempre bela, como o mar! Mais bonito só a neve....
(Desculpa pelos gostos diferentes)


Beijinho

Everson Russo disse...

Um cantinho gostoso pra se contemplar o infinito,,,lindo,,,,beijos e uma bela semana pra ti amiga...

Rogério Pereira disse...

Adélia
Espera
Há-de vir a maré-cheia

Lacorrilha disse...

Ui, e se eu vim de férias cheia de saudades da nossa praia. Tão linda.
Beijocas

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

E que bela é essa prainha, Flor! Mesmo a pedir uns bons momentos de reflexão...
Beijinho e boa semana

Pedro Coimbra disse...

Sossego absoluto.
E um mar muito bonito.
Beijinho

Everson Russo disse...

Um dia maravilhoso pra ti minha amiga...beijos e flores...

Lídia Borges disse...


Um mar de inspiração.

Belíssimo!


Lídia

lino disse...

Parece ser uma rica prainha!
Beijinho

Agulheta disse...

Amiga Adélia.De regresso aos blogs,direi que eu também gosto de fazer perguntas ao meu mar,por vezes sinto que me trás ideias,outras vezes o sinto amargurado...o mar.
Beijos querida

Gisa disse...

As ondas podem se afastar sem dar respostas, em um primeiro momento, mas é porque vão em busca delas. Um hora regressam para nos trazer com clareza as soluções pedidas. Tem-se que esperar o momento certo do retorno, ele sempre vem.
Um grande bj querida amiga.

Graça Pereira disse...

Quem tem uma prainha só para si, não tem o direito de estar triste.
As ondas, na maré cheia trazem muitas respostas...o que acontece, é que ás vezes, não as queremos ouvir!
Que os dias cheios de sol, tragam sempre poesia como esta...na tua vida!
Beijo muito amigo.
Graça

Caroline Godtbil disse...

Todas as respostas afinal estão em nós... é necessário encarar nossas próprias marés...
Como sempre uma foto encantadora.
Beijo.

AFRICA EM POESIA disse...

Minha amiga
senti tambem meu este poema
o mar pode ser um grande companheiro com a ceteza que nos escuta e guarda os nossos segredos .


para ti um beijo

Lilá(s) disse...

O teu mar hoje estava lindo e sereno, de certeza que te ouviu com toda a atenção.
Bjs

BlueShell disse...

O mar pode ser nosso confidente...mesmo que não dê respostas ...sabe ouvir epodemos ter a certeza que não revela nossos segredos...
Como te entendo. Rezo para que encontras a paz e a felicidade que mereces minha amiga. Bj

quem és, que fazes aqui? disse...



O mar fala de nós, Adélia!

Beijo

Laura

luar perdido disse...

O mar tem palavras que só o mar entende, mas nas suas ondas que mansamente vão e vêem, as tuas respostas acabam por surgir no marulhar doce com cheiros de maresia. Porque tu, minha querida, conheces a voz do mar, e entendes a sua linguagem.
Beijo de luar tecido

Sweet disse...

Linda a tua prainha e lindas as tuas palavras.
Bom fim de semana