Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Inquieta




Foto minha




A cada dia
a vida surpreende
são imensas as  mudanças
que têm surgido
mas 
os turbilhões 
estão sempre presentes.

Existem
 impulsos incontroláveis
falsas sensações de esperança
a ausência de perspectivas
a insegurança
a recusa de possibilidades.

Estou desacreditada
onde tudo
se confunde no tempo
é com olhos de desânimo
que vejo o fracasso.

Não sou nada mais
que tentativas frustradas
tento com dor
digerir o desconforto
da minha vivência.

17 comentários:

✿ chica disse...

Triste conclusão e linda tua foto! bjs,tudo de bom,chica

Rosa dos Ventos disse...

Como eu lamento a situação de angústia em que te encontras! :(

Abraço solidário

Janita disse...

Minha querida,

faço minha a tua inquietação, lamentando profundamente nada mais poder fazer do que dar-te a minha compreensão e solidariedade.

a tua poesia até dói de tão triste e desanimada. Tens de lutar contra essa adversidade, Adélia. Não te deixes vencer.

Um beijinho de ânimo e muito carinho.~
Janita

Catarina disse...

Tb fico triste com o teu sofrimento...
Bjos

Pedro Coimbra disse...

Nunca deixe de tentar.
Esse é o segredo para conseguir.
Beijinhos

Observador disse...

Que nunca surja a ideia de desistir, Adélia.
A vida precisa de nós, de todos nós.

Podemos, devemos dar resposta às inquietações.

Beijinho e um sorriso :)

Maria disse...

linda fotografia :)
Boa semana :)

Maria disse...

Querida amiga...o desânimo a inquietação com o presente com o futuro, com os que amamos...são uma constante deste nossos dias hostilizados pelas dificuldades de um país em crise e de um mundo em mudança profunda...compreendo bem o seu sentir...acredite que sim...o confronto com provações difíceis de gerir tem-me contudo ensinado muitas coisas...e delas destaco duas...o tempo corre e e temos de aproveitar dos momentos o que houver de bom mesmo que nos pareça não existir...a vida surpreende-nos por vezes com coisas más outras com coisas boas...não há pois que esperar só o mau por mais que pareça só existir esse lado...Tudo de bom para si...amiga e força para conseguir ver o caminho até à luz no fundo do túnel!
Bjs
Maria
PS. Gostei da imagem

Susana Miranda disse...

Querida amiga,

Lamento profundamente a situação que te aflige e atormenta.
Nos momentos mais conturbados…viver intensamente, nunca desistir da vida, nem esmorecer.

Beijinho com carinho
Susana

enviei e-mail

Fê blue bird disse...

Minha querida amiga, solta sempre essa tua angústia, em palavras, em poemas, em emoções, mas nunca percas o teu rumo e a certeza de que vivemos sempre com algum propósito.
A vida pode não ser justa, mas vale sempre a pena vivê-la.
Acredita nisso!

beijinho e abraço apertado e sentido

Majo disse...

Há um exercício antigo que muito ajuda a vencer estes estados de depressão. Trata-se de pensar, todas as manhãs, em cinco coisas que ache dignas de merecerem um agradecimento especial a Deus.
Ex: "Obrigada meu Deus, por ter o carinho e apoio psicológico de tantos amigos."
Esta simples oração de reconhecimento, cria uma enorme força espiritual que ajuda a enfrentar problemas que devem ser encarados como transitórios. O que deve ficar na memória é a tenacidade e serenidade com que foram resolvidos.
~ Um grande abraço incondicionalmente solidário. ~

Lacorrilha disse...

Um abracinho bom.

Maria do Sol disse...

Amanhã será um novo dia...e vai ser um dia bom.
abraço

Maria do Sol disse...

Amanhã será um novo dia...e vai ser um dia bom.
abraço

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Sei o que sente, Adélia, pois estou a passar uma fase idêntica, embora tente reagir.
Força, ânimo e boa semana
Beijinho

São disse...

Adelinha, lamento a tua dor e , mais ainda, nada poder fazer para ta aliviar!

Porém, não te deixes ir nessa onda de amargura, pois não mal que sempre dure!

Abraço enorme e amigo

Susana Miranda disse...



Querida Adélia,

Muita fé, esperança e muita força.

Beijinhos com carinho
Susana