Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Não me abandona

Foto minha



A angustia em mim
tem um efeito devastador
sensação ruim
parece que tudo me abandona
que o mundo vai desabar 
deixo-me ficar ali  no chão 
com a minha tristeza.


Olho em meu redor
tudo me parece diferente
receio tudo estar mudo
menos o mar
que em suas ondas
trás a magia das palavras.

Transmite tranquilidade
ele é o único que me ouve
e não me abandona
não me julga
não me critica
não me deixa ficar no chão.

19 comentários:

Catarina disse...

Uma foto muito bonita. Com o mar podes desabafar...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Deite a angústia ao mar, Flor, para ver se ele a leva para longe
Beijinho e boa semana

Rogerio G. V. Pereira disse...

Engana-se
o mar é cruel
insinua-se
ouve
mas não responde

✿ chica disse...

Lindo e como o mar nos faz bem!!!Linda foto!!bjs praianos,chica

Pedro Coimbra disse...

O mar é sempre um amigo fiel, Adélia.
Que sabe ouvir e guardar segredo.
Beijinhos

Rosa dos Ventos disse...

E ainda bem que vives perto dele!

Abraço solidário

Janita disse...

Minha boa amiga.
Deixa que o mar leve essa angustia devastadora para longe e fica somente com a tranquilidade apaziguadora que ele te transmite.
Aproveita a benesse de o teres perto de ti. Viaja nele e com ele.

Beijinhos tranquilos, cheios de sabor a maresia.

Vamos lá ver se hoje a minha
conta me deixa comentar. Ando imensamente desanimada com estas incongruências blogueiras...:(

Janita disse...

Aleluia!!!

:))

luisa disse...

O mar, sim, mas se for manso. E que as suas ondas arrastem para longe a angústia.

Anónimo disse...

~
~ ~ Querida Adélia, deve ser imensa a tua angústia e ainda bem que o mar te serve de lenitivo.

~ ~ É doloroso perdermos os nossos bens materiais, mas quando também perdemos o emprego e concedem-nos um subsídio tão miserável que não dá para comprar medicamentos, é para desesperar!

~ ~ Gente dessas terras, não arranjam um emprego para a nossa triste e meiga amiga?

~ ~ ~ ~ Um grande abraço. ~ ~ ~ ~

Majo disse...

~
~ ~ Amiga, desculpa o meu comentário transato ter saído anónimo.

~ ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~ ~

Teté disse...

Gostei da foto. De angústia ninguém gosta...

Beijocas

Rui Espírito Santo disse...

Tens uma bela maneira de te expressares, Flor !
Eu chamo-lhe poesia!
No teu caso, habitualmente uma "expressão" de angústia, de tristeza, de preocupação, de dor de alma ! ... e sim, se o mar te fala, te traz tranquilidade, se não te abandona, nem julga nem critica, se te dá ânimo, certamente também te levará para bem longe essas angústias e tristezas !

Beijinho com o tal sorriso anti tristezas ! :)))
.

São disse...

Adelinha, o mar que te ouve ...se o deixares , levará também para bem longe a tua tristeza!

A foto é espectacular!

Abraço fraterno, ma belle :)

lino disse...

Um bom fim de semana!
Beijinho

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

O mar foi sempre um grande confidente... e um tranquilizante natural, como se um amigo nos pousasse a mão no ombro :)

beijinho amigo

Maria Rodrigues disse...

O mar acalma as nossas mágoas.
Lindo e sentido poema.
Beijinhos
Maria

Turista disse...

O mar, esse nosso eterno cúmplice...
Um beijinho minha querida Flor.

luar perdido disse...

O mar...O eterno e cúmplice mar! Como te entendo Amiga! Tem uma voz em permanente renovação, e guarda no seu marulhar tudo o que nos falta para seguir caminhando.
Força minha querida Flor,
beijo no teu coração