Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Portas e janelas

que dificilmente se voltarão a abrir!



Foto minha






20 comentários:

Graça Sampaio disse...

Todas as portas acabam por se abrir, mais cedo ou mais tarde, minha querida amiga!

Beijinhos de otimismo!

✿ chica disse...

Linda foto, tristes palavras! bjs, chica

Janita disse...

Depende, amiga Adélia. Sobretudo, da vontade de quem já lá morou!

Provavelmente, encontraste esta casa por caso e registaste o momento.

Apesar de degradada deve guardar memórias passadas. Tanto pode virar ruínas como pode ser restaurada. Quem sabe?
Seja como for é uma bonita foto!

Beijinhos com sorrisos iluminados de esperança.

Observador disse...

Não há porta que se mantenha fechada para sempre. É uma questão de vontade e de força para a abrir.

Beijinho, amiga, bom fim de semana.

Cidália Ferreira disse...

Lindo! Ficam apenas lembranças, e ruínas! Triste, como tudo acaba!

Beijo e um sábado feliz

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

redonda disse...

Parecem realmente muito fechadas, mas nunca se sabe, talvez se abram nas recordações, e em boas recordações.
um beijinho e um bom Domingo
Gábi

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Infelizmente são muitas as portas que se fecham diariamente...
Cada dia estamos mais tristes e mais pobres.

Uouo Uo disse...


thank you

حراج السيارات

Rui Espírito Santo disse...

O "difícil" não é o "impossível", minha querida amiga !
Só depende da força de vontade de quem o queira fazer, até porque também não há impossíveis !

Beijos :))

luisa disse...

Olhamos para essas portas e essas janelas fechadas, envelhecidas, e imaginamos quem terá vivido aí quando ainda se abriam.

Pedro Coimbra disse...

Memórias de tempos idos, Adélia??
Beijinhos, boa semana

São disse...

Estas portas e janelas cerradas fazem alguma tristeza, mas quem sabe se não são substituídas por portões ainda mais largos e franqueados?

Boa semana, amiga

Teté disse...

A vida dá muita volta, pelo que o difícil não significa o mesmo que impossível... :)

Beijocas

Fê blue bird disse...

Querida amiga Adélia:
Dificilmente não é nunca, portanto ainda há uma possibilidade de as abrir.
Também estou numa fase de achar quase tudo "fechado", mas quase também não é nunca.
Portanto amiga, vamos mantendo alguma esperança de abrir as essas portas e janelas .

Um beijinho amigo

luar perdido disse...

Portas e janelas, que foram um dia ninhos de vida. Mas o difícil não significa impossibilidade. Um dia... Se Deus quiser, quem sabe elas não voltam a abrir-se de par em par e deixar entrar a luz, o riso, a alegria, a paz e a VIDA.

beijinho sem tamanho minha guerreira querida.

AC disse...

Mas já se abriram, cumpriram um legado...
A vida é eterna renovação, Adélia.

Um bom domingo :)

Ricardo Santos disse...

Talvez uma casa de aldeia que como muitas vai morrer depois dos seus donos !!! :((

Kalinka disse...


HISTÓRIAS ...
umas verdadeiras outras de ficção.

quantas histórias contêm essas portas e janelas?

um número infindável, com toda a certeza

...

Nos meus blogues vou também contando HISTÓRIAS bem reais.
Num deles falo de MIM
momentos não muito bons da minha Vida
EXTRAVASANDO EMOÇÕES

Num outro,
conto passeios com os meus netos

e,
no "Momentos Perfeitos"
falo de um filme que fui ver e adorei:

Fui ver o filme porque achei o argumento muito interessante e original.
Também foi recomendado pelo meu "Afilhado"!
Gostei do filme, embora se trate de um filme simples,
é um filme bem realizado, com boas interpretações, que nos transmite
uma mensagem de amor filial e que ainda nos dá algumas partes cómicas.
Vejo pouco cinema francês!

"Família Bélier" é um filme de deixar as pessoas na sala sentadas
quando o filme acaba, ainda no escuro, para que ninguém veja
as lágrimas que rolaram naturalmente, porque comove.
É um filme onde se canta sem ser um musical...

Enfim, é aproveitar antes que saia de exibição.

Beijinhos e uma boa semana.

TULIPA / kalinka

Maria Rodrigues disse...

Quem sabe, talvez um dia alguém decida fazer uma "remodelação" a essas portas e janelas e elas voltem a ter a vida de outrora.
Beijinhos
Maria

Lilá(s) disse...

Olá Adélia, estou tentando voltar devagarinho,tive saudades das amizades da blogosfera!
Beijinhos