Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

sábado, 16 de setembro de 2017

A dor da perda

Foto minha



André
Faz hoje nove anos que partiste
apenas com os teus seis mesinhos
e a dor da Avó continua
rasga-me o peito
sufoca-me de tão intensa que é
este aperto que não me abandona
Talvez por eu entender
que é contra a Natureza
a perda de um neto
ou filho.

É doloroso demais
perder alguém que amamos
é das piores dores humanas.

É difícil de suportar
a angústia que me abraça
quando recordo os teus olhos
o teu sorriso
os teus gestos
o teu palrar
aquela tua gargalhada
que na mente da Avó está gravada.

Os meus olhos
só conseguem ver-te
no reflexo das minhas lágrimas
a Avó nunca irá desistir de te amar
no meu coração continuarás presente
e lá ficarás
para todo o sempre.

 

8 comentários:

luisa disse...

Um beijinho, Adélia.

✿ chica disse...

Os anos passam e a saudade não vai embora! Fica bem! bjs, chica

Ricardo Santos disse...

Abraço Adélia !

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...


Olá amiga, navegando em blogs amigos, cheguei até seu blog. Amei suas postagens, e já estou seguindo. Lhe convido a conhecer os meus, se gostar segui, ficarei muito grata. Abraços, tenha um abençoado domingo.
Prof Lourdes Duarte
http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
http://lourdesduarteprof.blogspot.com.br/

papoila disse...

Xi-coração, Adélia.

bjs

AFRODITE disse...


Tens um anjo no céu amiga...
Um abraço forte!
💙

redonda disse...

Tenho esperança que possa haver um reencontro
e é tão lindo e certo ele ser lembrado assim

um beijinho

luar perdido disse...

A estrelinha que brilha por todos vós, e que sorri porque o amor jamais o abandona.

Beijinho no teu coração