Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

sábado, 18 de novembro de 2017

O meu sentir

Foto minha





Estou meia não sei como
nem eu própria sei como estou
ou 
o que estou sentindo
existe em mim um silêncio
que alimenta 
os meus sentimentos incontroláveis
que por vezes não os compreendo 
mas de uma intensidade 
sem palavras para exprimir.






16 comentários:

✿ chica disse...

Foto maravilhosa e tuas palavras cheias de tua sensibilidade! bjs, tudo de bom,chica

Rui disse...

Lindo o contraste das folhas da árvore com o céu ! :)

Há momentos assim, Adélia ! :( ... Temos que ter forças para "dar a volta por cima" querida Amiga !

Beijinhos e um bom domingo :)

Catarina disse...

Uma arvore de uma cor linda!!
Que tenhas um bom dia.
; )

luisa disse...

Que fotografia tão bonita! É uma imagem cheia de cor, de vida. Desejo que esses sentimentos que dizes não controlar se aproximem dessa cor e nela recolham alegria.

Graça Sampaio disse...

A bem dizer, estamos todos, minha querida!

Gosto da fotografia - gosto sempre das tuas fotografias...

Beijinhos.

Ricardo Santos disse...

Adélia deixo-te aqui um pouco de Força !

lis disse...

E assim prosseguimos Adélia
As ações prevalerão sempre às palavras.
meu abraço e carinho

Pedro Coimbra disse...

Força e ânimo.
Beijos, boa semana

Ricardo- águialivre disse...

Momentos sensíveis em que a alma pede silêncio
...
Deixo um abraço
...

Manu disse...

A foto está lindíssima.
Deixo-te aqui votos de que essa angústia passe depressa.

Beijinhos Adélia

Diana Fonseca disse...

Olá!!! :)

Tens Facebook e gostavas de dar a conhecer o teu blogue a mais escritores? Conhecer outros espaços?

Então, adere:

https://www.facebook.com/groups/126383254703861/

Beijinhos, Diana.

Diana Fonseca disse...

Olá!!! :)

Tens Facebook e gostavas de dar a conhecer o teu blogue a mais escritores? Conhecer outros espaços?

Então, adere:

https://www.facebook.com/groups/126383254703861/

Beijinhos, Diana.

Maria Rodrigues disse...

Palavras intensas que vem do fundo do coração.
Lindíssima fotografia.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Janita disse...

Um grande, grande abraço querida Adélia.

Parabéns, pela foto linda.
Força! Nada de desanimar.

AC disse...

A vida, na sua singularidade, por vezes faz momices, outras sorri, outras ainda, de forma subtil, deixa-nos ínfimos sinais para nos cingirmos ao essencial.
A vida, velha matreirona, teima em zombar de nós.

Um abraço, Adélia :)

luar perdido disse...

Minha querida, a vida,muitas vezes, deixa-nos assim: sem saber o que sentimos, nem grandes palavras. Mas eu sei que a tua força e animo estão aí, bem dentro do teu coração e alma. Por isso,minha flor, levanta a cabeça, enfeita os olhos e deixa-te encantar pelas coisinhas pequeninas que sempre te tocaram. Tu CONSEGUES, tu PODES,tu VENCES.
Beijinho com todo o meu carinho, amizade e força, no teu coração